Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Dois shows da turnê final do Black Sabbath são adiados por causa de sinusite de Ozzy

"Não sei como os Stones conseguem fazer isso", disse o vocalista

Rolling Stone EUA Publicado em 01/02/2016, às 11h51 - Atualizado às 14h46

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ozzy Osbourne deixa o público brasileiro de joelhos durante show no festival Monsters of Rock 2015. - Gustavo Vara
Ozzy Osbourne deixa o público brasileiro de joelhos durante show no festival Monsters of Rock 2015. - Gustavo Vara

O Black Sabbath foi obrigado a adiar dois shows da turnê The End após Ozzy Osbourne apresentar sintomas extremos de sinusite no último fim de semana. A banda publicou um comunicado no sábado, 30, horas antes do show em Edmonton, no Canadá. "Os detalhes relacionados ao reagendamento serão anunciados em breve", disse.

Black Sabbath: as dez melhores raridades da banda com Ozzy Osbourne.

Os fãs também foram aconselhados a usar o mesmo ingresso para o novo show. O Black Sabbath deve voltar a apresentar a turnê de despedida no dia 3 de fevereiro em Vancouver. A primeira etapa de The End acontece em Nova York, no Madison Square Garden, em 27 de fevereiro. De lá, as lendas do metal seguem para a Austrália, Ásia e Europa antes de voltar aos Estados Unidos em agosto. O adeus do Black Sabbath dos palcos acontece em 21 de setembro, em Phoenix.

Problemas de saúde têm importunado os integrantes do Sabbath nos últimos anos, desde que o guitarrista Tony Iommi começou a combater um linfoma e Osbourne cancelou a Ozzifiesta no México, em 2015, para fazer uma cirurgia não especificada que tirou o cantor dos palcos por quatro semanas.

Os 10 melhores discos de hair metal de todos os tempos

As datas da turnê The End foram reagendadas de forma que o itinerário não seja desgastante para a banda e também permite que Iommi continue a fazer exames de sangue necessários para monitorar o câncer, que "foi embora, pelo menos por agora", disse o baixista Geezer Butler à Rolling Stone EUA. "Nós não estamos nos matando", disse Osbourne sobre a turnê. "Não fica mais fácil fisicamente. Não sei como os Stones ainda fazem isso. Não quero me matar na turnê final, quero aproveitar. Se a minha energia se for, estou ferrado."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!