Dolores O'Riordan, do Cranberries, é presa depois de agredir comissária de bordo em voo

Ao ser abordada por policiais, a cantora teria e dado uma cabeçada em um oficial

Redação Publicado em 10/11/2014, às 11h53 - Atualizado às 15h33

Dolores O'Riordan, vocalista do The Cranberries
AP/Luca Bruno

Dolores O'Riordan, vocalista da banda The Cranberries, foi presa na manhã desta segunda-feira, 10, horário local, depois de supostamente ter agredido uma comissária de bordo durante um voo entre Nova York e Shannon, na Irlanda. As informações são do jornal The Irish Times.

Saiba como foi o show do Cranberries em São Paulo.

Segundo informações da publicação, a comissária foi levada ao hospital com suspeita de fratura em um dos pés. A cantora, ao ser abordada por policiais, teria cuspido e dado uma cabeçada em um oficial. Dolores foi levada em custódia e poderá ficar detida por até 24 horas.

Segundo um porta-voz da polícia local, a vocalista passou por um interrogatório e confirmou que houve um pequeno problema no voo EI110 envolvendo uma "mulher irlandesa de 43 anos de idade". Dolores estava acompanhada de um homem que não se envolveu no tumulto.

Quatro anos após o fim do Cranberries, Dolores O'Riordan volta à cena.

A confusão aconteceu após a comissária de bordo ter pedido para que a artista retornasse ao assento dela quando o avião estava a 20 minutos do pouso. O Cranberries, grupo no qual Dolores O'Riordan é vocalista, fez grande sucesso na década de 1990 e tem hits como "Linger", "Dreams", "Ode to my family" e "Salvation".