Donald Trump planeja streaming para conteúdo 'cancelado' e 'não-fake news'

Ex-presidente americano estaria às voltas com projeto de nova plataforma de entretenimento de viés ideológico

Redação Publicado em 28/05/2022, às 13h12

Donald Trump
Reprodução

Donald Trumppode voltar à TV em breve. Dados recentes apontam para a construção de uma nova plataforma de streaming pela Trump Media and Technology Group (TMTG), a companhia de mídia do ex-presidente americano. Segundo informações, o plano seria transmitir conteúdo "cancelado" e "não-fake news" - seja lá o que isso queira dizer.

O plano foi revelado ao The Hollywood Reporter pelo CEO da TMTG, Devin Nunez, segundo quem a plataforma, potencialmente chamada TMTG+, planejaria oferecer programas de "comédia popular, shows cancelados, programação específica de Trump, shows baseados em fé, entretenimento familiar, programas que abracem a Segunda Emenda da constituição americana, e notícias". O planejamento ainda incluiria a possibilidade de licenciamento de conteúdo.

+++ LEIA MAIS: Rolling Stones ameaçam Donald Trump: ‘Se ignorar e persistir, será processado’
+++ LEIA MAIS: A noite em que os Rolling Stones expulsaram Donald Trump: ‘Ou ele ou nós’, ameaçou Keith Richards

Segundo o portal Consequence of Sound, o projeto teria uma série de contradições. Em um momento, ele diria que a plataforma não pretende censurar criadores de entretenimento ou insistir para que sua programação de oriente por alguma ideologia política. Em outro, afirma que a plataforma oferecerá espaço para visões conservadoras e liberais, além de conteúdo cancelado de outras redes de TV ou de streaming digital.

O projeto vem reforçar um movimento iniciado por Trump nas redes sociais. O ex-presidente, banido do Twitter, já fundou sua própria plataforma recentemente, a Truth Social, sem grande expressão até o momento.