Donald Trump quase ‘matou’ Tom Hanks no Twitter por causa de coronavírus

O presidente dos Estados Unidos interpretou errado uma notícia sobre a situação de saúde do ator

Redação Publicado em 20/03/2020, às 18h42

None
Tom Hanks e Rita Wilson Donald Trump, presidente dos EUA (Foto 1: AP | Foto 2: Mark Seliger)

Donald Trump, o presidente dos Estados Unidos, quase tuitou condolências à família de Tom Hanks e Rita Wilson depois de interpretar errado uma notícia do casal. Os dois estão tratando o coronavírus na Austrália. 

+++ LEIA MAIS: Os Simpsons ‘previu’ coronavírus - e até que Tom Hanks ia ficar de quarentena

Em meio à própria batalha contra o coronavírus, o casal foi dispensado de um hospital australiano, tiveram ‘alta’, e já estão isolados em uma residência particular. Trump, contudo, aparentemente entendeu que os dois tinham morrido. 

Ao começar a redigir um tuíte, a equipe dele interveio e procurou esclarecer ao presidente a condição de Hanks e Wilson junto às autoridades australianas, segundo o The Courier-Mail.

+++LEIA MAIS: O que os artistas têm feito durante a quarentena? 

Um funcionário da saúde posteriormente garantiu à Casa Branca que o casal está vivo e se recuperando do COVID-19 já em casa.

No início desta semana, Hanks falou sobre a condição dele e de Wilson no Instagram: “Uma semana após o teste positivo, no auto-isolamento, os sintomas são os mesmos, mas sem febre. Dobrar a roupa e lavar a louça e depois uma soneca no sofá", contou. 


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA