Doria chama Bolsonaro de ‘genocida’ em evento em São Paulo

Governador João Doria discutiu com deputada federal Carla Zambelli durante inauguração de conjunto habitacional em São Paulo nesta sexta, 28

Redação Publicado em 28/05/2021, às 16h54

None
Montagem de Jair Bolsonaro (Andressa Anholete / Getty Images) e João Doria (Sipa USA via AP)

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) discutiu com a deputada federal Carla Zambelli (PSL) nesta sexta, 28. Durante inauguração de um conjunto habitacional na capital, Doria interrompeu fala da política para dizer que Jair Bolsonaro (sem partido) é “genocida”. As informações são do G1.

A discussão começou quando Carla Zambelli fazia pronunciamento no qual dizia que Bolsonaro "não fechou comércios, não decretou lockdown, não fez toque de recolher e também não destruiu empregos." A declaração, entretanto, foi interrompida por Doria:

+++LEIA MAIS: Bolsonaro xinga Doria de 'vagabundo, c***', e governador responde

“Ele destruiu vidas, destruiu com vidas! Genocida,” disse o governador de São Paulo, seguido por aplausos e vaias. A deputada rabateu e falou que Doria não deveria interromper sua fala, mas que atitude era “natural” por alguém que "já mandou eu engraxar botas de militares," segundo ela. Zambelli acrescentou que ela engraxa a bota do próprio marido, que é militar.

A situação repercutiu  nas redes sociais. Na tarde desta sexta, 28, a deputada comentou sobre o ocorrido no Twitter: “Na inauguração de unid. habitacionais em SP, João Doria interrompeu meu discurso e gritou feito louco contra o PR. Nunca imaginei passar por este tipo de saia justa. Mais amor, Governador. Sigamos: já temos 90 milhões de doses de vacinas distribuídas pelo Governo federal,” escreveu.

+++LEIA MAIS: Doria responde críticas no Twitter: ‘De calça apertada vacinando todos’


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL