Downey Jr. e Favreau querem repetir parceria em nova adaptação de HQ

Ator e diretor da franquia Homem de Ferro podem estar juntos em Cowboys & Aliens

Da redação Publicado em 02/09/2009, às 09h12

Homem de Ferro 2 só estreia ano que vem, mas Jon Favreau e Robert Downey Jr. - diretor e protagonista da franquia, respectivamente - já têm outra parceria em mente: Cowboys & Aliens.

Trata-se, novamente, de uma adaptação de quadrinhos às telonas. No caso, a obra será baseada na graphic novel homônima de Fred Van Lente e Andrew Foley. O enredo, como bem sugere o título, promove o encontro entre Velho Oeste norte-americano e visitantes do espaço. Downey Jr. será Zeke Jackson, soldado do exército da União (aliança dos estados do norte na guerra civil dos EUA, no século 19) que se vê no meio de um conflito entre caubóis e indígenas. Para aquecer ainda mais o já explosivo contexto, uma nave espacial cai no território; com ela, chegam novos inimigos, donos de tecnologia superior.

De nova a produção não tem nada: cozinhado há mais uma década e com o ator de Homem de Ferro confirmado desde o ano passado, o projeto passou na mão de vários roteiristas.

De acordo com o site da revista Variety, a história está sendo reescrita por Alex Kurtzman, Roberto Orci e Damon Lindeloff. Os dois primeiros têm parceria desde o começo da carreira, que inclui roteiros para a franquia Transformers e a série Fringe; já Lindeloff assinou capítulos para a série Lost. O trio também vai trabalhar na continuação de Star Trek.

A graphic novel só foi publicada em 2006, mas Hollwood está de olho no projeto desde 1997, quando Universal e DreamWorks adquiriram os direitos para realizar o filme da obra então inédita. Na época, havia apenas conceito (caubóis vs. Aliens) e o nome de Steve Oedekerk (roteirista de Todo Poderoso e O Professor Aloprado), então encarregado de escrever e dirigir a adaptação.

Favreau e Downey Jr., pelo visto, têm folego para tocar a parceria: ambos estão acordados para o terceiro filme da franquia Homem de Ferro - que deve ser distribuída pela Paramount Pictures, ainda que a Marvel Entertainment esteja prestes a ser comprada pela Disney por US$ 4 bilhões.