“Drogas nunca afetaram minha criatividade”, diz Keith Richards

Guitarrista dos Rolling Stones afirmou que “se as drogas são mais importantes que a música, então você perdeu a batalha”

Redação Publicado em 26/10/2015, às 16h02 - Atualizado às 16h21

O guitarrista dos Rolling Stones Keith Richards

Ver Galeria
(5 imagens)

Apesar do histórico assumidamente permeado pelo uso de drogas, Keith Richards afirmou que o uso das substâncias nunca teve conexão com a habilidade dele para compor. “Nunca senti que aquilo afetou de alguma maneira minha criatividade”, disse ele em entrevista ao programa Desert Island Discs, da BBC Radio 4.

As 20 melhores músicas de Keith Richards.

O guitarrista dos Rolling Stones, entretanto, pontuou que as drogas o deixaram “bastante acordado durante as noites em busca de material”. Na entrevista com a apresentadora Kirsty Young, Richards ainda comentou: “Era algo que eu tinha que parar porque percebi que estas experiências tomam tempo demais.”

“Algumas pessoas conseguem lidar com as coisas e outras não”, acrescentou o guitarrista que, em 2007, admitiu ter misturado as cinzas do pai, Bert, à cocaína que estava prestes a inalar. “Se as drogas são mais importantes que a música, então você perdeu a batalha.”

Uma seleção das mais polêmicas, absurdas e ultrajantes autobiografias do rock.

No ultimo dia 18 de setembro, Keith Richards lançou Crosseyed Heart, o terceiro registro solo dele, sucessor de Main Offender (de 1992). O guitarrista dos Stones atualmente estampa a capa da edição de outubro da Rolling Stone Brasil, que está nas bancas. Leia um trecho da matéria.