Dubladores falam sobre a animação Rio

Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Jamie Foxx e Will.i.am participaram de entrevista coletiva "relâmpago" no Rio de Janeiro, nesta terça, 22, ao lado de outras estrelas e do diretor Carlos Saldanha

Por Gustavo Leitão, do Rio de Janeiro Publicado em 22/03/2011, às 16h24

Carlinhos Brown, Anne Hathaway e Sergio Mendes logo após a entrevista coletiva da nova animação de Carlos Saldanha, Rio

Ver Galeria
(2 imagens)

Só mesmo as belezas naturais cariocas explicam a pressa da organização para encerrar a entrevista coletiva de imprensa do filme Rio, que reuniu nesta terça, 22, em uma sala de cinema com vista deslumbrante para a Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul do Rio de Janeiro, os dubladores ilustres da nova animação do brasileiro Carlos Saldanha para a Fox. Diretor da franquia A Era do Gelo, Saldanha falou aos jornalistas sobre o novo filme - que narra as desventuras de um casal de araras-azuis capturado por uma gangue de traficantes de aves no Brasil - no meio de astros do quilate de Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Jamie Foxx, Will.i.am e Rodrigo Santoro. Depois de um rápido sobrevoo de quatro perguntas, estavam todos livres para passear pelos cartões-postais da vida real.

"Sonho em fazer um projeto sobre o Rio há 10 anos", contou, em inglês, Saldanha, que é radicado nos Estados Unidos. "Mas não queria só ambientar o filme na cidade, mas que ele tivesse a vibração, as cores e a diversão daqui", completou.

Para contar a história passada no Rio de Janeiro, o diretor contou com um elenco quase todo de vozes norte-americanas. Anne Hathaway e Jesse Eisenberg vivem Jade e Blu. Ela, uma arara cheia da malandragem das matas cariocas. Ele, uma ave doméstica e abobalhada de uma cidadezinha dos Estados Unidos. Reunidos em terras brasileiras graças à tentativa do ornitólogo Túlio (Rodrigo Santoro) de salvar a espécie, eles acabam tendo que fugir da mão de criminosos. Entre uma peripécia e outra, atravessam cenários como a Lapa, a Marquês de Sapucaí, Santa Teresa, as praias e favelas do Rio.

"Enquanto estávamos lá, na escuridão do estúdio gravando as vozes, tínhamos a promessa de que um dia viríamos ao Rio lançar o filme. Bem, aqui estamos", disse Anne Hathaway, que parecia bem mais magra e frágil ao vivo, com um sorriso nos lábios. Na véspera, a atriz de O Diabo Veste Prada tinha circulado no bairro de Santa Teresa para fazer compras.

Para reproduzir as paisagens cariocas em seus mínimos detalhes, Saldanha e uma equipe de seis animadores viajaram até o Rio em plena confusão do carnaval. Isso explica a riqueza de cores do desfile da Marquês de Sapucaí, que serve de cenário para uma das melhores sequências do filme. "Ainda não sei se conseguimos fazer justiça ao que é o carnaval do Rio, mas tentamos", brincou Saldanha. O realismo só deu uma folga ao chegar à beira do mar. O diretor admite que, em nome do pudor norte-americano, acrescentou uns centímetros de pano aos biquínis das brasileiras. "Vocês já foram às praias, sabem que não posso mostrar aquilo. Estou há 20 anos nos Estados Unidos, sei como são as coisas", afirmou.

Bem mais despudorado estava Jamie Foxx, que dá voz ao canário Nico. Depois de falar das dificuldades de dublar um personagem animado pela primeira vez, o ator resolveu fazer seu elogio ao país. "Fui várias vezes ao Brasil em meu laptop, em sites que provavelmente não posso mencionar", contou, maroto.

Bebel Gilberto, Carlinhos Brown, Sergio Mendes e Taio Cruz, que trabalharam na trilha da animação, e o ator Jemaine Clement, que dubla o vilão-cacatua Nigel, também estiveram presentes no evento.

Assista abaixo ao trailer legendado de Rio: