Duff McKagan relembra morte de Scott Weiland: "Sabia que o fim estava próximo"

Os músicos norte-americanos tocaram juntos na banda Velvet Revolver

Redação Publicado em 27/06/2019, às 17h11

None
Scott Weiland, ex-vocalista de Stone Temple Pilots e Velvet Revolver (Foto: Rich Fury / AP)

O baixista do Gun’s N’ Roses, Duff McKagan, recentemente falou sobre seu ex-companheiro da banda Velvet Revolver,Scott Weiland, em uma entrevista para a Rolling Stone Music Now. Nela, o músico conta quando ele sentiu que a morte do também vocalista da Stone Temple Pilots estava próxima.

“Você sabe, quando Scott voltou para as drogas e bebidas e a Mary [sua esposa] e filhos o deixaram, eu sabia que o fim estava próximo. Ainda dói, é claro. Ele até conseguiu ficar sóbrio por alguns anos. E eu pensei: Ok, Scott perdeu seu romance para as drogas, mas ele realmente queria ter ficado limpo” conta o baixista. 

Duff Mckagan também comenta sobre os dois funerais que o líder da Stone Temple Pilots teve. Um funeral aconteceu no Hollywood Forever Cemetery com a viúva de Weiland, Jamie. Enquanto o outro funeral foi com seus filhos Noah, Lucy e muitos amigos com quem ele cresceu antes da fama.

"Eu ainda tinha essa ressaca de Scott". Ele completa “Eu fui a dois funerais diferentes para ele, ambos quietos, e eu simplesmente não sabia como processá-los. Era uma daquelas coisa que mesmo que você podia ver isso chegando, quando acontece, ainda dói pra cara***; Essa sensação de perda...”

Tinha por volta de 50 pessoas no funeral em Hollywood Forever Cemetary em dezembro de 2015. Seus ex-companheiros das bandas Velvet Revolver e Stone Temple Pilots estavam presentes.

Slash, Dave Navarro, Rocco Guarino, Duff Mckagan, Jamie Weiland (sua viúva) e Tom Vitorino (empresário do Scott) falaram no funeral. Foi um funeral com uma vibe bem rock and roll e com slides com músicas. A ex mulher de Scott, Mary, e seus filhos não foram à esse funeral, mas eles lembraram Scott no próprio memorial.

O depoimento nas redes sociais da banda Velvet Revolver:

“Estamos profundamente tristes ao saber da perda do nosso velho amigo e companheiro de banda, Scott Weiland. Nós experimentamos um bom pedaço da vida com Scott, e mesmo em seus momentos mais sombrios, todos nós tivemos esperança e amor por ele. Sua arte vai viver, disso, não há dúvida. Nossas mais profundas condolências e tristeza para as crianças, Noah e Lucy. Nós todos viajamos o mundo todo juntos em turnê, como banda, e as crianças são parte dessa grande família. É muito triste e brutal de qualquer perspectiva. Descanse em paz Scott.
Slash, Duff, Mat e Dave.”