Duff McKagan se juntará ao Guns N’ Roses para shows na Argentina, Paraguai, Bolívia e Brasil

Primeira parte da turnê brasileira contou com Tommy Stinson, baixista que se ausentará do grupo para participar da reunião do Replacements

Redação Publicado em 02/04/2014, às 13h38 - Atualizado em 03/04/2014, às 12h02

Guns N Roses
Kevork Djansezian/AP

Os fãs brasileiros do Recife e Fortaleza terão uma novidade que nenhuma outra capital brasileira teve durante a primeira parte da passagem do Guns N’ Roses pelo país, no fim de março e início de abril: o baixista Duff McKagan.

Galeria: as 15 separações mais conturbadas do rock: Guns N’ Roses.

O músico, que integrou a formação clássica da banda no período áureo de Appetite for Destruction (1987), G N' R Lies (1988), Use Your Illusion I (1991) e Use Your Illusion II (1991), estará de volta à companhia de Axl para substituir o atual titular da vaga de baixista do grupo, Tommy Stinson.

Guns N’ Roses atrasa somente 25 minutos, faz cover de The Who e mostra os grandes hits em Belo Horizonte.

A revelação foi feita pelo próprio McKagan através da conta oficial do Twitter, ao publicar uma imagem com duas folhas de caderno com nomes de músicas do Guns N’ Roses escritas à mão, com a legenda: “Argentina, Paraguai, Bolívia e Brasil! Vejo vocês todos nas próximas semanas”. Veja a imagem abaixo.

A notícia foi confirmada posteriormente pela imprensa internacional, com a informação de que Stinson estaria deixando o cargo de baixista provisoriamente para se preparar para uma aguardada reunião do The Replacements, que ocorrerá no festival californiano Coachella, entre os dias 11 a 20 de abril.

Em São Paulo, o atraso do Guns N’ Roses foi de 1h30. O grupo alternou hits com solos prolongados e fez homenagem a Ayrton Senna. Veja como foi.

É esperado, contudo, que Stinson volte ao posto no que ocupa no Guns N’ Roses desde 1998, quando McKagan deixou o grupo liderado por Axl. Com isso, ao menos até o final da turnê sul-americana, o tecladista Dizzy Reed deixará de ser o mais antigo integrante da banda, além de Axl, é claro.

Guns N’ Roses retorna ao Brasil pela sexta vez e Dizzy Reed afirma: “Esperem pelo inesperado”.

O Guns já se apresentou por Rio de Janeiro (dia 20 de março), Belo Horizonte (dia 22), Brasília (dia 25), São Paulo (dia 28), Curitiba (dia 30) e Florianópolis (1º de abril). A banda agora toca em Porto Alegre, nesta quinta-feira, 3.

A última vez que a banda veio ao Brasil foi há três anos, quando fechou o Rock in Rio debaixo de uma tempestade. Relembre aqui.

Em seguida, Axl e companhia seguem para fazer shows na Argentina, Paraguai e Bolívia, já com McKagan, e voltam ao Brasil para apresentações em Recife (dia 15) e Fortaleza (dia 17).