Duff McKagan, Tom Morello e Sebastian Bach se unem para homenagear Dimebag Darrell

A maratona Dimebag Bash contou com uma vasta gama de artistas de primeira

Steve Baltin Publicado em 16/12/2011, às 11h25 - Atualizado às 11h41

Duff McKagan
AP

"Isso é incrível. Eu nunca tinha visto tantos roqueiros em um só lugar." O frontman do System of a Down, Serj Tankian, disse isso na noite da última quarta, 14, no backstage do Key Club, em Hollywood, logo antes de ensaiar uma versão de "Ghost of Tom Joad", de Bruce Springsteen, ao lado de Tom Morello.

A ocasião era a Dimebag Bash, o tributo anual ao guitarrista do Pantera Darrell "Dimebag" Abbott, que foi tragicamente assassinado no palco em 2004. Integrantes do Pantera (incluindo o baixista Rex Brown), John 5, guitarrista do Rob Zombie, David Draiman, do Disturbed, Sebastian Bach, Ben Harper, Duff McKagan (foto) e muitos outros estiveram lá para honrar a memória de Abbott. “Ainda é doloroso”, diz o guitarrista do Alice in Chains Jerry Cantrell à Rolling Stone EUA.

Todo mundo deu tudo de si, tocando músicas do Dio, como "Man On The Silver Mountain", "Heaven and Hell" e "Mob Rules"; e Metallica, incluindo "Seek and Destroy”, cantada por Draiman, e "Cemetery Gates", liderada por Bach. Mas a noite também serviu como um tributo ao metal em geral. Bach, o frontman que está em todo lugar, também mandou "Unchained" e "Ain't Talkin' 'Bout Love", do Van Halen. E com tantos músicos diferentes em um só lugar, a noite se esticou e foi além do metal, a exemplo da faixa de Springsteen interpretada por Tankian e Morello. No meio de quase cinco horas de caos do metal, teve uma adorável versão acústica de "Wish You Were Here", do Pink Floyd.

Graças à viúva de Abbott, Rita Haney, toda a renda obtida com o show foi destinada à instituição de caridade de Wendy Dio, a Stand Up and Shout, que arrecada fundos para a pesquisa contra o câncer. Seu marido, Ronnie James Dio, morreu de câncer no estômago em maio de 2010. No fim das contas, a noite dedicada tanto a Abbott quanto Dio era para lembrar o melhor da música que eles criaram e amavam. Quando era mais ou menos 1h, tudo terminou em um volume tão alto quanto começou, com Draiman liderando os músicos em uma versão de "Walk”, do Pantera.