“É algo repugnante”, diz Johnny Depp sobre atores que se arriscam na música

“Odeio essa ideia: ‘Venha me ver tocar guitarra porque você me assistiu em 12 filmes’”, dispara o ator

Rolling Stone EUA Publicado em 21/01/2015, às 10h39 - Atualizado às 13h39

Johnny Depp
Joel Ryan/AP

Durante uma entrevista em Berlim, na Alemanha, Johnny Depp falou de atores que tentam transportar a fama deles para carreiras musicais. Ele disse: “Esse conceito para mim é algo repugnante, sempre me deixou meio mal”. As informações são do Sydney Morning Herald.

Conheça atores que gostam de soltar a voz nas horas vagas.

Depp – que está promovendo o próximo filme dele, Mortdecai: A Arte da Trapaça – de tempos em tempos aparece como guitarrista, tocando tanto em apresentações ao vivo quanto em estúdio com uma grande quantidade de músicos famosos. E, ainda que ele diga que fica feliz com as oportunidades e que continuaria a tocar, ele promete nunca montar uma The Johnny Depp Band um dia.

Paul McCartney e Johnny Depp fazem jam session; assista.

“Qualquer pessoa com certo sucesso e que tem uma veia musical, pode sair, começar uma banda e capitalizar o sucesso no trabalho em outras áreas”, disse Depp. “Mas eu odeio essa ideia: ‘Venha me ver tocar guitarra porque você me assistiu em 12 filmes’. Não seria [assim]. Você quer que as pessoas que estão ouvindo a música estejam interessadas nela.”

Veja imagem de Johnny Depp como Lobo Mau, de Caminhos da Floresta.

O comentário de Depp vem logo após um ano particularmente musical. Em 2014, o ator se juntou ao Aerosmith no palco, tocou com Paul McCartney, com Willie Nelson, fez cover de Danzig com Ryan Adams e se juntou a Marilyn Manson e Ninja (Die Antwoord) para apresentar “The Beautiful People” durante um show de Halloween em Los Angeles.

Depp ainda acompanhou Butch Walker em estúdio e contribuiu com um solo para o projeto de letras “perdidas” do Bob Dylan, Lost on the River: The New Basement Tapes (coordenado por T-Bone Burnett), em uma oportunidade em que Elvis Costello teve que faltar a uma sessão de estúdio.

Johnny Depp toca guitarra em show de Marilyn Manson; assista.

Mas, fazendo justiça às próprias palavras, o ator não abandonou o trabalho nas telonas para passar mais tempo em outras áreas. Mortdecai: A Arte da Trapaça, que traz Depp interpretando um excêntrico comerciante de arte em busca de uma pintura roubada, chega aos cinemas em 12 de fevereiro no Brasil.

Atualmente, o ator também pode ser visto interpretando o Lobo Mau na recente adaptação de Caminhos da Floresta.