Britney Spears: e-mails comprovam que ex-empresária planejava tutela da cantora

Advogado de Britney Spears afirma que Lou Taylor enriqueceu às custas da artista

Redação Publicado em 06/07/2022, às 11h26

None
Britney Spears. (Foto: GettyImage)

Mesmo negando envolvimento com o caso de Britney Spears, e-mails vazados comprovam que Lou Taylor, ex-empresária da cantora, planejou a tutela que durou 13 anos.

Matthew Rosengart, advogado de Britney incluiu nos documentos judiciais, e-mails de Taylor enviados em janeiro de 2008 para os advogados de Jamie Spears, pai de Britney, em que dizia “Procuro trabalhar com vocês” (via Pagesix)

+++LEIA MAIS: Stranger Things: Quanto Kate Bush ganhou de dinheiro após 'Running Up That Hill' tocar na série?

Minutos depois, enviou um e-mail para Jamie para avisar que havia contatado os advogados que ajudariam a administrar o dinheiro de Britney por 11 anos e que sua empresa Tri Star seria contribuinte. A companhia de Taylor teria recebido US$ 18 milhões com o envolvimento da tutela.

Anteriormente, a alegação da empresária em relação ao caso era que "não teve nenhum envolvimento”. Louise “Lou” Taylor, era uma “amiga íntima" da família e Jamie Spears estava em dívida com sua empresa por um empréstimo no valor de US$ 40.000.

+++LEIA MAIS: Halsey diz que sofreu três abortos e reforça posicionamento 'O aborto que sofri salvou minha vida'

Ao Page Six, um advogado da Tri Star, Scott Edelman, disse que os e-mails são “materialmente enganosos”.

“Como todas as evidências deixam bastante claro, a tutela foi criada por recomendação do advogado, não Tri Star, e aprovado pelo Tribunal há mais de 12 anos. Na verdade, a Tri Star nem era a gerente de negócios da tutela quando foi criada (...) Excertos de e-mails escolhidos a dedo não podem mudar os fatos, e é por isso que esse absurdo terminará de uma vez por todas quando os registros forem abertos”, afirmou.

Segundo a revista Quem, em um post do Instagram de fevereiro, Britney Spears prometeu que iria "processar a Tri Star" e que seu pai "adorava a" a ex-empresária. 


Tri Star

A Tri Star é uma agência de celebridades comandada por Lou Taylor, em 2004 passou a gerenciar a carreira de Britney Spears e foi descrita como uma "porta-voz da família Spears" durante uma entrevista no programa americano Today em 2008. A companhia deixou o cargo de gerente de negócios de Britney em novembro de 2020, a defesa da cantora alega que a empresa teve enriquecimento às suas custas. 

Taylor já atuou com outros artistas, como Jennifer Lopez e Gwen Stefani, além de agente de vários membros da família Kardashian, incluindo Kris Jenner, Kim Kardashian e Kylie Jenner em 2021.

+++LEIA MAIS: Pop é o gênero musical mais ouvido pelos gamers no Brasil, diz pesquisa

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Britney Spears (@britneyspears)