E se Duality, clássico do Slipknot, fosse no estilo disco e não metal?

Mais uma para a lista de mash-ups improváveis que funcionam

Redação Publicado em 18/06/2019, às 13h05

None
Corey Taylor, do Slipknot, e Evelyn "Champagne" King (Fotos:CTK/AP Images e Photo by Frank Micelotta/Invision/AP)

Com certeza os fãs dos mais diversos tipos de música já se perguntaram, pelo menos uma vez, se uma composição de um determinado gênero ficaria boa caso fosse lançada com uma pegada totalmente diferente. 

É com essa mentalidade ousada que surge a incrível e sempre expansiva lista de mash-ups improváveis que dão certo! Como por exemplo a mais nova jóia dessa coleção: "Duality", do Slipknot, misturado com "Shame", da Evelyn "Champagne" King.

De um lado, o clássico do metal, lançado em 2004 pela banda mascarada no disco Vol. 3: The Subliminal Verses. Do outro, o hit da disco music de 1977. 

Juntas, as faixas dão vida a uma criação híbrida e que transmite tanto a fúria presente na música do Slipknot quanto a vontade de dançar que transborda do single de Evelyn.

Ouça abaixo "Shame-ality", uma mistura inesperada que dá mais certo do que podíamos imaginar.

 

+++ MINHA PLAYLIST: Rael está "envolvidão" por Bob Marley e Caetano Veloso