É Tudo Verdade começa nesta quarta, 25, em SP

Cartas ao Presidente, sobre o populismo do presidente iraniano, abre festival de documentários na capital paulista; na quinta, 26, maratona chega ao Rio de Janeiro com cinebiografia de Domingos Oliveira

Da redação Publicado em 25/03/2009, às 15h13

Começa nesta quarta-feira, 25, em São Paulo, a 14ª edição do É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários. A largada será dada no Centro Cultural Banco do Brasil, com Cartas ao Presidente, do tcheco Petr Lom.

Na quinta-feira, 26, Domingos, da atriz e recém-feita cineasta Maria Ribeiro, abre o circuito carioca do festival, também no CCBB.

Lançado no último Festival de Berlim, Cartas Ao Presidente conseguiu registra o acesso inédito às viagens do presidente Mahmoud Ahmadinejad pelo país sob seu comando, o Irã. Por meio do vaivém do polêmico estadista, o documentário radiografa as tensões político-culturais no país.

Domingos marca a estreia de Maria Ribeiro na direção. A atriz ficou na cola de Domingos Oliveira por sete anos - cerca de 1.458 domingos - e captou o cotidiano do cineasta e dramaturgo durante ensaios e momentos mais singelos, como uma hora de ginástica com o cineasta e ator Paulo José.

Cria do crítico Amir Labaki, o É Tudo Verdade se estende até 5 de abril nas duas cidades e depois segue para Brasília. Na mostra competiva nacional, documentários como Garapa, de José Padilha, e Moscou, de Eduardo Coutinho. Na disputa internacional, Am I Black Enough for You?, cinebiografia do cantor Billy Paul, e o vencedor do Oscar deste ano, O Equilibrista, sobre o francês Philippe Petit, que em 1974 caminhou, de uma torre gêmea à outra, no então World Trade Center, em Nova York. A travessia ilegal foi feita nas alturas, por meio de um cabo de aço.

Pela primeira vez, as mostras especiais e retrospectiva serão realizadas, no segundo semestre, à parte da etapa competitiva. No páreo, dezenas de documentários, nos formatos de curta, média e longa-metragem.

Você confere a programação completa no site oficial do festival.