“É um tempo ruim para a música”, opina Prince sobre o mercado fonográfico

Astro pop não se mostrou lisonjeado com os elogios de jovens artistas

Redação Publicado em 02/09/2015, às 10h22 - Atualizado às 13h44

Prince e Nile Rodgers

Ver Galeria
(10 imagens)

O astro dos anos 1980 e até hoje prolífico artista pop Prince não vê a música produzida atualmente com bons olhos. Em entrevista ao jornal New York Post, o norte-americano se mostrou desgostoso com o que tem ouvido nas rádios.

Prince lança clipe de “Baltimore” e anuncia o disco The Hit & Run Album.

Prince foi questionado a respeito de artistas que dizem ter sido influenciados por ele, como Tame Impala, The Weeknd e Miguel, ao que respondeu: “Pode existir música que soe como a minha obra, mas o que tem de bom nisso? Nós estamos essencialmente em um círculo vicioso”.

Prince, RZA, Cat Stevens, Diddy: relembre artistas que mudaram de nome por razões bizarras.

“Esse é um tempo ruim para a música em geral. Não tem muita música pop no mainstream que te faça sentir assustado, que te faça imaginar o que está acontecendo”, acrescentou o cantor.

Prince se junta ao Alabama Shakes em performance de “Gimme All Your Love”.

Prince lançará em 7 de setembro deste ano o álbum de inéditas HitNRun, exclusivamente pelo Tidal. Criado e gravado em menos de três meses, o disco contará com o single psicodélico "Hardrocklover", feito em parceria com a banda de apoio do cantor, a 3rdEyeGirl, e antecipado no começo de junho deste ano para os fãs.

O registro também terá a inédita "1,000 Hugs and Kisses" e uma nova versão de "This Could Be Us", do disco solo Art Official Age, de 2014, divulgado simultaneamente com PlectrumElectrum, este, gravado com o 3rdEyeGirl.