E3 2014: O que vimos de mais legal no segundo dia

Gus Lanzetta, de Los Angeles Publicado em 11/06/2014, às 15h42 - Atualizado às 16h00

E3
Reprodução

No segundo dia de E3, o primeiro com o Los Angeles Convention Center aberto, pudemos ver e jogar alguns dos games apresentados no evento. Veja abaixo dois dos que mais chamaram atenção.

Hohokum (Honeyslug/SCE Studio Santa Monica) – PS3/PS4/Vita

Um bonito e simplista jogo que sobrepõe lindos mundos desenhados, bem coloridos, com um fundo branco. Você explora esses mundos com uma longilínea cobrinha que risca a tela como uma criança com uma canetinha na mão. Os dezessete mundos disponíveis têm objetivos simples e fáceis, que alteram o que você encontra quando entra em cada um. O clima é muito relaxado – talvez até relaxado até demais pra ser jogado em pé, no meio do buchicho da E3. Não há como morrer ou falhar em seus objetivos, use todo o tempo do mundo e aproveite a trilha sonora do artista de música eletrônica Tycho.

Os momentos que marcaram as coletivas da E3 2014.

Destiny (Bungie) – PC/PS3/PS4/360/XONE

O estúdio que passou mais de dez anos construindo a franquia Halo e transformando-a em um fenômeno entre jogadores deixou a Microsoft e agora está trabalhando no jogo que – segundo vários representantes – é o que sempre quiseram fazer. O curioso é que nada em Destiny estaria deslocado em Halo. A exploração totalmente livre de vários planetas, a criação de personagens dividida entre diferentes classes (com habilidades bem distintas), um mundo 100% online no qual é possível encontrar jogadores de todo o mundo fazendo as mesmas missões que você - e se juntar a eles para enfrentar batalhas de escala maior. Destiny parece unir a expertise da Bungie com multiplayer de tiro em primeira pessoa e MMOs. Parece bem divertido, mas não é difícil imaginar esse jogo no universo de Halo.