E3: Dance Central 3 ensina a dançar e terá músicas brasileiras

Título para o Kinect te ensinará a dançar “na vida”, segundo Matt Boch, diretor de projeto do jogo, que gostaria de ter Michel Teló na trilha

Gus Lanzetta Publicado em 05/06/2012, às 18h53 - Atualizado às 19h26

Dance Central 3
Reprodução

Matt Boch, diretor de projeto de Dance Central 3, diz que há quatro razões pelas quais ele ama o Brasil: “um governo que usa software de código aberto, carnaval, funk carioca e pessoas bonitas”.

Quando pergunto quais são as razões pelas quais alguém deveria comprar um terceiro Dance Central, sendo que o último saiu em 2011, Boch enfatiza o modo de treinamento, dizendo que DC3 serve para ensinar os jogadores a dança “na vida real”, em festas, casamentos, etc.

“Temos mais danças derivativas [passos retirados de clipes, filmes e séries de TV] do que nunca”, diz Boch. “Nós vamos te ensinar a dançar o Dougie”, completa, em referência à música do grupo Cali Swag District.

Outra novidade é um sistema de detecção de ritmo, para que você possa dançar no modo freestyle, improvisando e inventando passos, mas com o jogo ainda assim julgando se você está combinando com a música.

Voltando a falar de Brasil, Boch diz que haverá músicas de nosso país na trilha sonora, mas não pode falar ainda quais serão. “Aquela do ‘assim você me mata’ eu adoraria ter no jogo”, revelou Boch, aparentemente mais um fã internacional de Michel Teló.