Ed Sheeran é processado por suposto plágio de “Let's Get It On”, de Marvin Gaye

Herdeiros de Ed Townsend, um dos compositores do hit de 1973, clamam que há similaridades com a música “Thinking Out Loud”, do cantor britânico

Rolling Stone EUA Publicado em 10/08/2016, às 12h47 - Atualizado às 12h58

Ed Sheeran
Reprodução/Facebook

Ed Sheeran recebeu outro processo relacionado à legislação de direitos autorais. Desta vez, ele foi feito por herdeiros de Ed Townsend, um dos compositores da canção “Let's Get It On”, de Marvin Gaye. As informações são da Reuters.

A família de Townsend clama que a música de Sheeran – vencedora de dois prêmios no mais recente Grammy – “Thinking Out Loud” usa progressões harmônicas e melódicas, além de elementos rítmicos centrais de “Let's Get It On”. Townsend foi um dos autores da letra e criou a parte musical de “Let's Get It On”, hit que chegou ao primeiro lugar das paradas com Gaye em 1973.

LEIA TAMBÉM

[Grammy 2016] Ed Sheeran ganhou dois prêmios na cerimônia

[Galeria] Sheeran elege músicas para personagens de Game of Thrones

[Arquivo] Ed Sheeran - Referência Improvável

“Os réus copiaram o ‘coração’ de ‘Let’s’ e o repetiram continuamente durante ‘Thinking’”, clama a ação judicial. “As composições melódicas, harmônicas e rítmicas de ‘Thinking’ são substancialmente e/ou surpreendentemente similares à composição base de ‘Let’s’.”

Um representante de Sheeran não esteve imediatamente disponível para comentar a notícia à Rolling Stone EUA.

A ação judicial dos Townsends vem meses depois de os compositores Martin Harrington e Thomas Leonard processarem Sheeran em US$ 20 milhões por plágio. A dupla acusa que o hit “Photograph”, de x (2014), contém similaridades “literalmente nota por nota” com a música deles, “Amazing”, gravada pelo vencedor do X Factor, Matt Cardle, em 2012 (Cardle, contudo, se distanciou do processo).

Ouça “Let's Get It On” e “Thinking Out Loud” abaixo.