Pulse

Eddie Van Halen desenvolveu câncer na garganta por colocar palhetas de metal na boca? Médico explica

Teoria - desenvolvida pelo próprio músico - foi desacreditada por profissional

Redação Publicado em 18/10/2019, às 19h20

None
Eddie Van Halen (Foto: Rick Scuteri/AP)

No ano 2000, Eddie Van Halen passou por um procedimento para remover o câncer em sua língua - acabou perdendo ⅓ do órgão. Em 2015, deu uma entrevista à Billboard e afirmou que a doença se desenvolveu porque ele sempre colocava palhetas de metal na boca. 

Tom Micklewright, médico britânico do Push Doctor, falou ao Guitar World sobre o assunto - e desmentiu a teoria. 

+++ LEIA MAIS: Eddie Van Halen trata câncer na garganta em segredo há cinco anos, afirma site

“DIU de cobre é usado como contraceptivo no corpo humano há vários anos e não houve nenhuma evidência de que isso aumenta o risco do câncer,” explicou o profissional. “Em contraste, vários químicos presentes em cigarros foram comprovadamente ligados ao aumento no risco do câncer, e essa é, provavelmente, a razão do câncer dele.”

A teoria das palhetas veio por uma declaração do próprio Van Halen, que foi declarado curado da doença em 2002. “Eu usava palhetas de metal - de latão e cobre - e eu sempre as segurava com minha boca, no exato lugar onde tive o câncer na língua. Mais ainda, eu basicamente vivia em um estúdio de gravação cheio de energia eletromagnética. Então essa é uma das teorias. Quer dizer, eu fumava e usava muita droga, mas meu pulmão está intacto. Essa é só uma teoria feita por mim, mas os médicos disseram que é possível,” revelou em 2015.