Edição especial da Rolling Stone Brasil apresenta os 100 Maiores Momentos da Música Brasileira

Nosso número 100 chega às bancas com entrevista exclusiva com Iggy Pop, perfil do jogador Emerson Sheik e os bastidores da gravação do último filme da saga O Hobbit, direto da Nova Zelândia

Redação Publicado em 16/12/2014, às 12h09 - Atualizado em 17/12/2014, às 21h56

Edição 100

Ver Galeria
(4 imagens)

A edição comemorativa número 100 da Rolling Stone Brasil, dezembro/2014, chega às bancas com a inédita lista de 100 Maiores Momentos da Música Brasileira na capa. Editores e colaboradores selecionam os mais marcantes encontros, acontecimentos, amizades, lançamentos, hits, manifestações populares e descobertas que definiram e fizeram da música produzida no Brasil a potência que é hoje.

Veja dez dos 100 maiores momentos da música brasileira, listados na nossa edição 100.

Tendo como pano de fundo mais de um século de transformações, o especial de 17 páginas traça uma linha evolutiva da tradição sonora que começou nos salões pós-imperiais e hoje serve de trilha para a vida nas caóticas metrópoles.

De Ernesto Nazareth, que em 1910 escreveu “Odeon”, a Criolo, que em 2011 conclamou que “Não Existe Amor em SP”, retomamos a inquietude do rock, a cadência do samba-canção, o lamento do chorinho e a veia contestadora do rap, entre outros gêneros. O que seria do samba, não fossem as rusgas entre Noel Rosa e Wilson Baptista na década de 1930? E como o Brasil seria visto no exterior sem o fenômeno Carmen Miranda na Broadway? Como a disco music estourou no país? Essa rica viagem está transposta nas páginas, desde os primórdios, passando pela composição de “Brasileirinho”, em 1947, ano em que também foi finalizado por Luiz Gonzaga o hino do sertão “Asa Branca”, chegando a Johnny Alf anunciando a bossa nova no início dos anos 1950. Também são lembrados o primeiro encontro da dupla Erasmo e Roberto Carlos; Vinicius de Moraes e Tom Jobim escrevendo “Garota de Ipanema”, em 1962; a estreia do programa Jovem Guarda; o revolucionário Tropicália ou Panis Et Circencis; a sinergia explosiva entre Raul Seixas e Paulo Coelho; o Racionais MC’s mudando o panorama do rap nacional; e muitos, muitos outros momentos emblemáticos e definidores.

Além da lista, apresentamos uma entrevista exclusiva com Iggy Pop, tendo sido o único veículo brasileiro a conversar com o avô do punk durante o lançamento da coleção de acessórios que ele criou para a grife Sailor Jerry. Em primeira mão, Pop revela que seus dias como vocalista do Stooges estão contados.

Outra figura polêmica a estampar as páginas da edição comemorativa é o jogador Emerson Sheik, que não mede esforços para continuar falando o que pensa. Há ainda uma matéria especial com os bastidores da gravação do último filme da saga O Hobbit, direto da Nova Zelândia, Entrevista RS com o escritor mestre do suspense Stephen King, Discografia Tom Jobim, a crítica do aguardado novo disco do Racionais MC's, o retorno do AC/DC, uma retrospectiva das nossas 100 primeiras capas e mais.