Edward Norton conta que Brad Pitt sempre tinha um baseado durante a produção de Clube da Luta

O ator também contou que, durante as filmagens, ambos concordar que o filme não seria um sucesso

Redação Publicado em 30/10/2019, às 08h46

None
Brad Pitt e Edward Norton em Clube da Luta (Foto:Reprodução)

Edward Norton compareceu recentemente ao podcast WTF, e ao longo da entrevista ao apresentador Marc Maron, falou sobre Clube da Luta, filme dirigido por David Fincher que completou 20 anos no dia 29 de outubro.

Apesar de ser considerado hoje um clássico cult, o ator lembra de, durante as gravações e junto com o parceiro de cena Brad Pitt, não ter muita confiança no resultado final:

"Lembro que ele [Pitt] me olhou de um jeito meio engraçado e disse, 'Como você acha que isso vai ser recebido?'. E eu respondi 'Acho que bem mal'. Então ele falou 'Eu também acho, vamos ficar chapados'. Ele tinha um baseado, e naquela época ele sempre tinha um."

+++Leia mais: A Múmia, Clube da Luta e Matrix: 14 filmes que completam 20 anos em 2019 [LISTA]

Outra coisa que ambos os astros concordaram, pelo menos até 1999: Clube da Luta foi o melhor filme que os dois já tinham feito, e no podcast, Norton contou que eles perceberam isso durante uma das primeiras exibições do longa, na qual várias pessoas vaiaram e deixaram o cinema.

"Nós assistimos sentados lá no fundo, tinha essa energia negativa na sala, e ele virou para mim no escuro e disse 'Esse é o melhor filme que eu vou fazer', e eu falei 'Eu concordo'. A gente ficou se abraçando, meio chorosos. A gente estava muito feliz", contou o ator.

Clube da Luta é baseado no livro de mesmo nome escrito pelo estadunidense Chuck Palahniuk e lançado em 1996. O filme arrecadou globalmente um total modesto de US$ 65 milhões.