“Ele não sofre mais agora”, diz viúva de Chester Bennington

“Nós vivíamos um conto de fadas, que se transformou em uma tragédia shakesperiana”, escreveu Talinda Bennington

Rolling Stone EUA Publicado em 28/07/2017, às 15h34 - Atualizado às 17h00

Chester Bennington ao lado de Talinda Bennington e dos três filhos do casal
AP

Talinda Bennington, viúva de Chester Bennington, escreveu um comovente comunicado à Rolling Stone EUA, uma semana após o vocalista do Linkin Park ser encontrado morto após cometer suicídio por enforcamento.

LEIA TAMBÉM

Linkin Park “mudou a vida” de Gerard Way, ex-My Chemical Romance

Não fosse por Bennington, “nu-metal não teria influenciado tantas vidas”, diz vocalista do Limp Bizkit

[Lista] A potência vocal de Chester Bennington em dez músicas do Linkin Park

“Há uma semana, eu perdi minha alma gêmea e meus filhos perderam o herói deles – o papai deles. Nós tivemos uma vida de conto de fadas que se transformou em algum tipo de tragédia shakesperiana”, afirmou.

“Como eu sigo em frente? Como posso curar minha alma? A única resposta que tenho é que devo cuidar de nossos filhos com todo amor que ainda me resta. Eu quero que a minha comunidade e que os fãs ao redor do mundo saibam que nós sentimos o amor de vocês. E sentimos a perda de vocês também. Meus bebês são tão jovens para perder o pai deles. E eu sei que todos vocês irão manter a memória dele viva.”

“Ele tinha uma alma gentil e leve, além de ter a voz de um anjo. E agora, ele não sofre mais, e continua cantando suas músicas em nossos corações. Que Deus abençoe a todos nós e faça com que nos ajudemos nos momentos de dor. Chester iria querer que fizéssemos isso. Descanse em paz, meu amor.”