Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Elon Musk põe chefia do Twitter à prova em enquete na própria rede social

Elon Musk utilizou ferramenta da rede social para questionar usuários sobre novas atualizações após assumir presidência do Twitter

Redação Publicado em 20/12/2022, às 16h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Elon Musk (Foto:  Pascal Le Segretain / Getty Images)
Elon Musk (Foto: Pascal Le Segretain / Getty Images)

Elon Musk pediu aos usuários do Twitter que votem em seu futuro como CEO da empresa. Em um enquete realizada neste domingo, 18, com seus 122 milhões de seguidores no Twitter, o bilionário questionou se "Devo deixar o cargo de chefe do Twitter?", apontando ainda que acompanhará os resultados. 

O empresário, que também é dono da Tesla e da Space X, tem enfrentado muitas críticas desde que assumiu a plataforma da rede social. Na última sexta-feira, 16, Musk foi criticado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela União Europeia pela decisão do Twitter de suspender alguns jornalistas que cobrem a empresa de rede social por compartilharem supostamente dados de localização. As contas já foram restabelecidas.

+++ LEIA MAIS: Com crise no Twitter, rede chamada Koo ganha destaque e vira meme no Brasil

Além disso, o Twitter divulgou que não aplicará mais sua política de desinformação de longa data sobre o coronavírus.  Entre janeiro de 2020 e setembro de 2022, o site suspendeu mais de 11.000 contas por quebrar as regras de desinformação da COVID-19, além de remover conteúdo por motivos semelhantes. 

Essa mudança ocorreu depois que Elon Musk enfrentou polêmica por demitir uma grande onda de funcionários do Twitter, incluindo moderadores de conteúdo terceirizados encarregados de rastrear abusos no site.

+++ LEIA MAIS: Elon Musk revela conversa com Kanye West após tuíte antissemita

Musk também provocou reação após reativar o perfil do ex-presidente norte-americano Donald Trump e também de Kanye West, que teve a conta bloqueada após compartilhar mensagens e imagens antissemitas. O posicionamento do CEO da Tesla chateou diversas personalidades, incluindo Jack White, que deletou sua conta na rede social, e Elton John, que anunciou sua saída da plataforma.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!