Elton John dedica show na China a polêmico artista local

Antes de sua apresentação, o cantor teve um encontro com Ai Weiwei, que ficou três meses preso no ano passado

Redação Publicado em 26/11/2012, às 13h44 - Atualizado às 21h16

Elton John e Ai Weiwei
Reprodução / Twitter

Elton John provocou agitação por ter dedicado seu show em Pequim ao artista e dissidente político chinês Ai Weiwei, noticiou a agência Associated Press. O cantor fez a dedicatória nos primeiros minutos de sua apresentação, afirmando que o show era para o “espírito e talento” de Ai. O artista é um assunto delicado na China, e a multidão ficou surpresa com a dedicatória, segundo relataram alguns dos presentes.

Entrevista: em conversa reveladora, Elton John fala sobre ser pai, discute o preconceito e recorda as décadas de 70 e 80, além de celebrar o bom momento com o disco The Union, gravado com Leon Russell.

O escultor Ai tem explorado a injustiça social por meio de sua arte, que é bastante controversa na China. Ele foi detido por quase três meses no ano passado e foi proibido de deixar o país. O artista e John se encontraram antes do show, como foi visto na foto postada por Ai no Twitter.

Diversos veículos chineses cobriram a apresentação, mas nenhum deles reportou a dedicatória. O governo chinês mantém forte controle sobre apresentações ao vivo e requer uma lista de canções para aprovação prévia. Os parâmetros ficaram ainda mais duros depois que Björk gritou “Tibet, Tibet” durante um show em 2008.