Elton John revela que foi doloroso assistir algumas cenas de Rocketman

A cinebiografia apresenta as problemáticas vividas pelo artista durante a sua infância e auge da fama

Redação Publicado em 29/05/2019, às 13h07

None
Elton John (Foto: Greg Allen / Invision / AP)

cinebiografiaRocketman, estrelada por Taron Egerton, narra a trajetória deElton John até ele se tornar um astro pop. O longa, que chega aos cinemas nesta quinta, 30, nos apresenta um monte de problemáticas vividas pelo artista, entre elas a sua luta contra vícios e questões sobre a sua sexualidade quando ainda jovem. 

Em uma entrevista para o The Daily Telegraph, o lendário músico fala sobre a importância da descrição realista que o filme apresenta. "Isso foi como a minha vida aconteceu, e eu não queria esconder e fantasiar as coisas."

+++Rocketman: filme sobre Elton John entra para a história antes de estrear nos cinemas

"Foi doloroso assistir, porque eu pensei: 'meu Deus, eu não quero voltar para este lugar. Ainda bem que eu consegui sair daquilo.'"

Curiosamente, no último domingo, 26, Elton John escreveu um artigo para o The Guardian e contou que não achou difícil ver as cenas que representam o seu vício. 

+++ Rocketman é surreal, psicodélico e intenso: primeiras impressões do filme de Elton John

"É estranho, mas não achei doloroso ver essas partes do filme. Elas são verídicas e, diferentemente da minha infância, foram minha culpa. Ninguém me obrigou a usar drogas e beber".

Ao falar sobre como a sua fama o afetou, John acrescentou: “O sucesso foi fantástico, mas eu eu não consegui lidar muito bem com isso. E você não consegue simplesmente deixar a tristeza de lado."

O músico também elogiou o trabalho de Taron Egerton no filme, explicando que a sua atuação o impressionou quando viu o resultado final. "O que ele fez é extraordinário porque ele parece comigo, mas também parece Taron", revela.

Assista o trailer abaixo: 

+++ VÍDEO: Rincon Sapiência aprendeu a "desenhar o próprio nome", quase foi jogador de futebol e se tornou Rei dos Feats do rap nacional