Elvis Presley morreu por ‘coração partido’, diz produtor do cantor

Segundo Sam Phillips, o astro decaiu por ser teimoso como ele

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 14/06/2021, às 10h47

None
Elvis Presley (Foto: NBC)

A morte de Elvis Presley, em 16 de agosto de 1977, gerou muita especulação. De acordo com Sam Phillips, produtor do dono de "Jailhouse Rock," em entrevista à Elizabeth Kaye pela Rolling Stone EUA, o cantor morreu por "coração partido."

Na conversa de 1986, segundo Cheat Sheet, Phillips discutiu muitas das lendas com as quais trabalhou, como Ike Turner, Jerry Lee Lewis e Johnny Cash. O produtor citou Presley diversas vezes ao longo da conversa. A jornalista observou como Sam Phillips disse que o cantor morreu de um coração partido - e pediu para elaborar o comentário.

+++LEIA MAIS: O dia em que George Harrison, Bob Dylan e David Bowie foram ao show de Elvis Presley [FLASHBACK]

"Quando você realmente não tem expectativas de uma atitude boa, doce e bonita, você está em apuros," afirmou. "Não me importo com quem você é. Também está em apuros se estiver em cativeiro de alguma forma. Falo sobre aprisionamento emocional. Isso é profundo. Coisa séria. Caso você não faz questão de ser feliz, então pode ter ganhado o mundo inteiro e perdido seu espírito - e talvez até sua maldita alma."

Após essa resposta, Kaye perguntou se Elvis Presley poderia ter feito algo diferente na vida. "Foi teimoso como eu, e disse: 'Vou quebrar seu maldito pescoço. Não me importo - você não pode me assustar. Fatores monetários não podem me assustar. A fome não pode me assustar. Ameaças não podem me assustar,'" continuou Sam Phillips. "Você precisa ter essa atitude. Elvis também sabia como o sucesso não era suficiente."

+++LEIA MAIS: Qual é a pior música de Elvis Presley, segundo produtor do músico?

Por fim, o produtor citou uma frase da Bíblia: "Pare e cheire as rosas" - e deu a entender como o cantor estava morto emocionalmente antes de morrer fisicamente.


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL