Elza Soares entrevista Titãs, Titãs entrevistam Elza Soares - e, juntos, lançam clipe para 'Comida' [EXCLUSIVO]

A música, gravada para o disco Planeta Fome (2019), ficou "na gaveta" - agora, vem para comemorar aniversário do álbum e indicação da cantora ao Grammy Latino

Yolanda Reis | @_ysreis Publicado em 23/10/2020, às 07h00

None
Elza Soares e Titãs no clipe de "Comida" (Foto: Marcos Hermes | @marcoshermes)

Elza Soares e Titãs lançaram nesta sexta, 23, o clipe para "Comida". A faixa foi gravada para Planeta Fome(2019), disco da cantora, em parceria com Sérgio Britto, Tony Bellotto e Branco Mello. Porém, ela preferiu "guardar para depois", pela música dizer tudo aquilo que o álbum queria.

O "depois" é o aniversário de 1 ano do disco - e a celebração da indicação de Planeta Fome ao Grammy Latino como Melhor Álbum de MPB. Comemorando,Elza Soares e Titãs lançaram um clipe divertido para "Comida". A faixa de 1987 mudou bastante na versão de 2020: a abertura do violão dá espaço para batidas ritmadas, a guitarra entra antes, e o conjunto dá uma cara mais moderna à canção clássica.

+++ LEIA MAIS: Como 11 músicas inéditas de Adoniran Barbosa se tornaram ONZE, o projeto da cerveja Eisenbahn com intérpretes de diferentes gerações da música brasileira

[Colocar ALT]
Capa de "Comida"

"Escolhi essa música," explicou Elza Soares, "porque acho impressionante a força da sua letra e interpretação dos Titãs, de quem sempre fui fã."

O trio roqueiro faz parte do clipe e da versão de Elza da música. Um encontro de gerações musicais delicioso e divertido, tanto no clipe, quanto na música. Os músicos concordam: “A voz da Elza Soares é atemporal e única, é um grito de liberdade. Poder cantar e tocar com ela uma de nossas canções mais emblemáticas e participar do clipe, é uma honra e uma glória”, disse Tony Bellotto (guitarra). Sérgio Britto (voz) complementou:

+++ LEIA MAIS: Elza Soares fala sobre violência policial nos EUA e no Brasil: ‘Aqui o povo não está nem aí. É mais um que vai embora. Lá não, eles protestam’

“Temos uma admiração enorme, foi um prazer dividir essa música com ela, uma das figuras mais importantes da história da música brasileira, com quem já tivemos vários encontros durante nossa trajetória. Acho que tudo isso veio coroar nossa relação com ela, que já vem de muitos anos."

Celebrando o lançamento, Elza Soares e os Titãs bateram um papo exclusivo para Rolling Stone Brasil. De modo um pouco diferente, quem fez as perguntas foram eles. Assista ao clipe de "Comida" - e, depois, leia o bate papo entre os artistas:

+++ LEIA MAIS: Os 30 discos brasileiros de 2019 que você deveria ter ouvido, segundo a Rolling Stone Brasil


 

Titãs entrevistam Elza

Branco: Elza, querida! Que maravilha nós juntos aqui outra vez. Você se lembra dos anos 1980, em São Paulo, nossos incríveis encontros? Um beijo pra você!

Elza Soares: Branco, meu amor! Que bom te ver e relembrar nossos encontros... Nós fizemos [os anos] 1980. Éramos felizes... Muito felizes, tenho certeza disso!

Tony:Sempre tive vontade de saber: quem foi a cantora que te inspirou na sua juventude, quando você estava formando sua personalidade vocal tão criativa, tão maravilhosa... Quem te influenciou?

ES: Cara, não me lembro não... Mas quando eu cantava, cantava muito com minha mãe. E tinha uma irmã que cantava muito mais do que eu. Mas muito mais! Cantava muito... Não me lembro quem foi a inspiradora. Acho que nós nos inspiramos juntas.

Britto:Oi, Elza. Sempre tive curiosidade para saber qual era a reação das pessoas quando te ouviam cantar pela primeira vez, daquela maneira... Com uma certa distorção na voz, talvez com alguma influência do Jazz. É algo muito pouco usual, aqui, poucas pessoas no Brasil cantam assim, distorcendo, rasgando a voz. Nesse sentido você foi pioneira, assim como em muitos outros. Queria saber isso, como as pessoas reagiam?

ES: Você sabe que não sei, cara? Acho que elas ficavam curiosas, né? Com aquele [canto grave], de rasgar a voz. Era uma curiosidade. Mas não sei... As pessoas reagiam as vezes de maneira estranha... As vezes... Não sei, sei não. Mas um beijo, te amo!


 

Elza entrevista Titãs

ES: Meus amores Titãs, vocês hoje tem fome de quê?

Tony: Elza, querida, nós temos fome de liberdade, a gente tem fome de criativadade, de igualdade. Temos fome de gente como você!

ES: Meus meninos Titãs, o que vocês sentiram gravando essa música comigo? Para mim foi um 'prazerão' imenso, não sabem da dimensão, o tamanho da honra que sinto!

Britto: Para nós foi uma honra enorme gravar junto com você. Você é a maior artista da Música Popular Brasileira!

ES: Um beijo para os leitores da Rolling Stone. E o que vocês acharam do álbum Planeta Fome, 'gentem'?

Branco:Planeta Fome é um album potente, criativo, forte, e atualíssimo! Importante demais para nossa cultura. Como toda a sua obra: eterna, única, fundamental.


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL