Em 2002, Creed foi processado por fãs após show desastroso; entenda

A banda desviou de acusações dos fãs com declaração: 'Foi um momento rock n' roll!'

Redação Publicado em 29/12/2020, às 15h00

None
Creed (Foto: Facebook / Reprodução)

No dia 29 de dezembro de 2002, o Creed foi protagonista de uma situação inusitada: a banda foi processada por quatro fãs após um show desastroso. O espetáculo aconteceu na Allstate Arena, no Illinois, e Philip e Linda Berenz, Wendy e Chad Costino foram os responsáveis pelo processo.

Os fãs solicitaram reembolso pelo valor dos ingressos (cerca de 227 dólares) e bilhetes de estacionamento, além de pedirem que o juiz considerasse uma ação coletiva que poderia custar ao grupo mais de dois milhões de dólares.

+++LEIA MAIS: Scott Stapp, vocalista do Creed, será Frank Sinatra no cinema

O motivo por trás do processo foi a performance do vocalista Scott Stapp, que de acordo com o processo “estava tão intoxicado e/ou medicado durante o show que não foi capaz de cantar uma única música do Creed”. Para os fãs, o desempenho falho de Stapp foi como se o show tivesse sido cancelado.

O processo ainda afirmava que “Stapp deixou o palco durante várias ocasiões durante as músicas, por longos períodos de tempo, além de ter rolado no palco em aparente dor ou angústia.” À época do show, Scott Stapp estava lidando com sérios problemas com abuso de álcool e drogas, o que pode ter influenciado na apresentação.

A banda não ressarciu os fãs, mas publicou um pedido de desculpas que afirmava que a atitude de Stapp durante o show era um “momento de puro rock n’ roll”: “A banda foi notificada de que vocês estão insatisfeitos com a qualidade do show do Creed em Chicago. Nós pedimos desculpas se vocês sentiram que o show não foi tão bom quanto outros que fizemos na cidade. Há muita preocupação acerca da saúde de Scott, e nós queremos assegurar que ele está muito bem e descansando em casa, em Orlando.

Na nota, o Creed continuou: “Por agora esperamos que vocês possam se consolar com o fato de que experimentaram o mais exclusivo de todos os shows do Creed, tornando-se parte do mundo incomum da história do rock and roll!”

+++LEIA MAIS: Baterista do Creed diz que reunião da banda 'é uma possibilidade'

O Creed entrou em hiato em 2012, mas o legado da banda é muito importante, tendo sido um dos grupos de maior sucesso comercial na década de 90. O vocalista Scott Stapp está reabilitado.