Em "505", o Arctic Monkeys usou sample da trilha sonora de Três Homens Em Conflito, composta por Ennio Morricone; ouça

O trabalho de Ennio Morricone repercutiu significativamente na cultura pop

Redação Publicado em 06/07/2020, às 18h48

None
Alex Turner (Foto: AP Images) e cena de Três Homens Em Conflito (Foto: Reprodução)

Em tributo ao gênio das trilhas sonoras de faroeste, Ennio Morricone, que morreu aos 91 anos nesta segunda-feira, 6, o Far Out Magazine relembrou como o trabalho do italiano repercutiu na cultura pop.

Morricone foi o responsável por compor a trilha do clássico Três Homens Em Conflito (1966). O trabalho dele no filme estrelado por Clint Eastwood é considerado o maior de todos os tempos e continua sendo o exemplo sempre presente da perfeita colaboração entre diretor e compositor.

+++ LEIA MAIS: Ennio Morricone se tornou mestre das trilhas sonoras, apesar de esnobado pelo Oscar

O diretor do longa, Sergio Leone, comentou sobre a parceria anos atrás: "A música é indispensável, porque meus filmes podem ser praticamente filmes mudos, o diálogo conta relativamente pouco e, portanto, a música enfatiza ações e sentimentos mais do que o diálogo. Eu o fiz escrever a música antes de filmar, realmente como parte do próprio roteiro".

A trilha sonora de Morricone serviu de inspirações para muitos artistas - inclusive para o indie de Arctic Monkeys.

+++ LEIA MAIS:  E se ‘bad guy’ da Billie Eilish fosse do Arctic Monkeys? Músico reimagina hit no estilo Alex Turner

No disco Favourite Worst Nightmare, a última faixa, "505", teve influência direta do trabalho de Morricone na produção faroeste. Como o site relembra, a faixa foi composta pelo vocalista da anda, Alex Turner, que traduziu o amor do grupo por filmes do gênero.

Dessa forma, a banda britânica usou sample da trilha sonora do longa em "505". O início da música é o mesmo do instrumento ouvido a partir dos 53 segundos de uma cena do longa. Veja o sample:


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO