Ciclo de debates sobre prostituição passa por cinco cidades brasileiras

Eventos discutem a criminalização e as condições de trabalho de profissionais do sexo, além de marcar os 30 anos do Movimento Brasileiro de Prostitutas

Redação Publicado em 07/08/2017, às 16h37 - Atualizado às 18h37

Um século e meio de abolicionismo: prostituição, criminalização e o controle da mulher
Reprodução/Facebook

Com início na última quinta-feira, 3, em Florianópolis, o ciclo de debates “Um Século e Meio de Abolicionismo: Prostituição, Criminalização e o Controle da Mulher” passa por mais quatro cidades brasileiras durante agosto. Nesta segunda-feira, 7, o evento que discute as condições de trabalho das profissionais do sexo chega a São Paulo, e depois segue para Campinas (dia 8), Belo Horizonte (dia 9) e Rio de Janeiro (dia 11).

Os encontros contam com a participação de convidadas como Melinda Chateauvert, historiadora norte-americana e autora do livro Sex Workers Unite: A History of the Movement from Stonewall to SlutWalk, e Pye Jakobsson, presidente da Global Network of Sex Work Projects. Além delas, a brasileira Monique Prada, profissional do sexo e ex-presidente da Central Única de Trabalhadoras e Trabalhadores Sexuais (CUTS), faz parte dos cinco debates. Lideranças locais do Movimento Brasileiro de Prostitutas, que completa 30 anos em 2017, também colaboram com os eventos.

As discussões são mediadas pelos antropólogos Ana Paula da Silva e Thaddeus Gregory Blanchette. O ciclo é finalizado com a Puta Festa na Casa Nem, no Rio de Janeiro. Na ocasião, serão homenageadas Lourdes Barreto, Genilza Marinho e Maria Nilce dos Santos, três das ativistas mais antigas do movimento. A noite também marca a inauguração do Museu da Diversidade (A)sexual na capital fluminense. Mais informações abaixo.

“Um Século e Meio de Abolicionismo: Prostituição, Criminalização e o Controle da Mulher”

São Paulo

7 de agosto, segunda-feira, às 17h

Cia Pessoal do Faroeste | Rua do Triunfo, 305, Centro

Entrada gratuita

Campinas

8 de agosto, terça-feira, às 14h

Auditório II, IFCH/UNICAMP | Rua Cora Coralina, 100, Cidade Universitária

Entrada gratuita

Belo Horizonte

9 de agosto, quarta-feira, às 14h

APROSMIG | Rua Guaicurus, 648, centro, Belo Horizonte

Entrada gratuita

Rio de Janeiro

11 de agosto, sexta-feira, às 15h

Salão Nobre IFCS/UFRJ - Largo São Francisco de Paula, 1, Centro

Entrada gratuita

Puta Festa

12 de agosto, sábado, às 21h

Casa Nem | Rua Morais e Vale, 18, Lapa, Rio de Janeiro

R$ 10, na porta do evento.

Mais informações no evento oficial no Facebook.