Em bilhete, Kurt Cobain chama Courtney Love de “vadia espinhenta que suga todo o seu dinheiro”

Pedaço de papel revelou que o líder do Nirvana questionava o relacionamento do casal

Redação Publicado em 30/04/2014, às 17h05 - Atualizado às 17h44

Kurt Cobain
AP

O caso do suicídio de Kurt Cobain, reaberto nas vésperas das homenagens dos 20 anos da morte do vocalista do Nirvana, não revelou novos detalhes do caso, assim como também não mudou o veredicto policial de que o músico havia tirado a própria vida. Um bilhete encontrado na carteira dele, contudo, revela que ele não parecia satisfeito com o relacionamento mantido com Courtney Love. As informações são do site da CBS.

Veja imagens recém-reveladas da cena da morte de Kurt Cobain.

“Você, Kurt Cobain, aceita Courtney Michelle Love como sua leal e viciada esposa”, diz a nota, que remete sarcasticamente aos votos matrimoniais da igreja católica. “Mesmo quando ela é uma vadia espinhenta que suga todo o seu dinheiro para vadiar e se drogar.”

Os Últimos Dias de Kurt Cobain.

O texto foi escrito em um papel timbrado do hotel Phoenix, localizado nas proximidades da cidade de São Francisco, na Califórnia. Não há indícios de quando o bilhete foi escrito.

Kurt morreu em 5 de abril de 1994. Considerado o “o último grande ícone do rock de que se tem notícia”, pela Rolling Stone EUA, o músico acabou com a própria vida com uma espingarda calibre 20 após invejar uma dose cavalar de heroína na veia.

In Utero, último disco do Nirvana, nasceu no Brasil.

Recentemente, o Nirvana entrou para o Hall da Fama do Rock. Os integrantes remanescentes da banda, Dave Grohl e Krist Novoselic subiram ao palco ao lado de Courtney Love para agradecer ao prêmio – Grohl e Courtney trocaram um abraço carinhoso responsável por selar a aparente paz entre eles após anos de disputas.

Nirvana: os bastidores e detalhes da reunião.