Em HQ biográfica do Metallica, James Hetfield conta que odiava os Beatles

Material da HQ Orbit: Metallica tem 28 páginas e está disponível na internet por US$ 3,99

Redação Publicado em 29/07/2015, às 17h52 - Atualizado às 18h48

Metallica
AP

O Metallica lançou em forma de revista em quadrinhos um material de 28 páginas contando a história da banda e dos integrantes dela. A relíquia está disponível para venda na internet por US$ 3,99 – pouco mais de R$ 13 – no site da Comic Flea Market e, neste mesmo endereço, é possível ler alguns pedaços da obra.

50 anos de James Hetfield: relembre curiosidades sobre ele e o Metallica.

Em um das partes na qual James Hetfield, vocalista e guitarrista do grupo norte-americano de heavy metal, é retratado, uma polêmica opinião do artista é manifestada. “[Black] Sabbath representa tudo que os anos 1960 eram, sabe?”, diz um trecho da ilustração que mostra Hetfield mais jovem, no quarto, com sua guitarra.

Uma seleção das mais polêmicas, absurdas e ultrajantes autobiografias do rock.

Em seguida, ele acrescenta: “A música deles [Black Sabbath] era legal porque era completamente anti-hippie. Completamente. Eu odeio os Beatles, Jethro Tull e toda aquela merda feliz. A vida não é como aquilo”.

Ao lado da filha, James Hetfield troca Metallica por Adele durante show.

Possivelmente Hetfield tenha mudado de ideia, pelo menos no que diz respeito aos Beatles. Em 2014, durante o evento beneficente Acoustic-4-a-Cure, realizado em São Francisco, nos Estados Unidos, o artista tocou uma versão da carinhosa “In My Life”, de John Lennon e Paul McCartney.

Assista:

Na edição deste ano do mesmo evento, ele tocou "Crazy For You", da cantora britânica Adele, acompanhado nos vocais pela filha dele, Cali Hetfield, de 16 anos.