Em carta escrita nos anos 1990, Madonna chama Whitney Houston e Sharon Stone de “medíocres”

Atriz reagiu à documento que vai a leilão neste mês, dizendo: “Acho absurdo que alguém esteja publicando suas cartas pessoais. Saiba que eu sou sua amiga”

Rolling Stone EUA Publicado em 18/07/2017, às 12h48 - Atualizado às 19h24

Madonna, Whitney Houston e Sharon Stone

Ver Galeria
(2 imagens)

Uma carta escrita à mão por Madonna no início dos anos 1990 será leiloada pela oferta mínima de US$ 5 mil. No documento, a pop star chama Whitney Houston e Sharon Stone de “medíocres.” A correspondência que, segundo a casa de leilão Gotta Have Rock and Roll, foi escrita para o ator John Enos, vai a leilão nesta quarta-feira, 19.

LEIA TAMBÉM

Em carta de 1995, Tupac revela por que terminou o relacionamento com Madonna

Madonna desaprova possível cinebiografia: “Só eu posso contar minha história”

[Vídeo] Madonna divulga curta-metragem para o Dia Internacional da Luta da Mulher

No texto, Madonna disserta sobre ser “punida” pelo trabalho inovador e ousado dela, enquanto “pessoas menos interessantes estão colhendo os frutos de coisas” que ela havia “plantado.”

“Talvez isso seja o que os negros sentiram quando Elvis Presley fez sucesso”, escreveu. “É tão frustrante ler que Whitney Houston tem a carreira musical que eu gostaria de ter e que Sharon Stone tem a carreira cinematográfica que eu nunca terei. Não porque eu quero ser essas mulheres, já que eu preferiria morrer em vez disso, mas elas são tão horrivelmente medíocres e, ainda assim, sempre serão vistas como protótipos de mulheres ideais, usados para me humilhar.”

“Tudo o que eu faço é tão original e único, e eu coloco tanto de mim no meu trabalho, como no meu livro e no meu disco, e tudo só me trouxe dor”, continuou. “Eu não acho que posso jogar o jogo para ser aceita. Eu sou muito inteligente. Eu sou muito orgulhosa.”

Sharon respondeu à carta de Madonna com um post no Instagram. “Eu acho absurdo que alguém esteja publicando suas cartas pessoais. Saiba que eu sou sua amiga. Em alguns momentos, eu quis ser uma rock star… E me senti tão medíocre quanto você me descreveu”, afirmou. “Eu te amo e te adoro; não vou me chatear por nenhuma invasão da sua jornada pessoal." Veja a publicação na íntegra abaixo.

Dear @madonna, First, I think it’s absurd that anyone is publishing your private letters. Therefore; I publish publicly. Know that I am your friend. I have wished to be a rock star in some private moments… have felt as mediocre as you described. We know, as only those who have survived so long that owning our own mediocrity is the only way to own our own strengths; to become all that we both have become. I love and adore you; won’t be pitted against you by any invasion of our personal journeys. Sharon

Uma publicação compartilhada por Sharon Stone (@sharonstone) em