Em carta, James Murphy defende volta e anuncia novo disco do LCD Soundsystem

“Tem que ser melhor que qualquer coisa que fizemos anteriormente”, disse o líder sobre o próximo álbum da banda

Rolling Stone EUA Publicado em 06/01/2016, às 12h37 - Atualizado às 12h51

James Murphy, o líder do LCD Soundsystem

Ver Galeria
(2 imagens)

O LCD Soundsystem lançará um novo disco e sairá em uma extensa turnê este ano, escreveu a mente por trás do grupo, James Murphy. Ele publicou uma carta no site oficial da banda defendendo a volta à atividade.

Galeria: 20 bandas que gostaríamos que voltassem.

“Isso não é uma volta olímpica ou algo do tipo, o que não seria muito de nosso interesse”, escreveu Murphy, que dissolveu o grupo em 2011 depois do terceiro álbum, This Is Happening. “Isto é apenas o ônibus carregado de professores substitutos voltando da pausa para o café com novas músicas e a mesma engrenagem esquisita... e saindo por aí tentando tocar mais alto que todo mundo.”

Os rumores do retorno do LCD Soundsystem foram confirmados esta semana, com a banda anunciada no festival norte-americano Coachella. Mas os planos foram ampliados com a carta de Murphy. Ele explica que, nos últimos anos, esboçou diversas canções na cabeça mas, em 2015, era incerto se ele as lançaria como artista solo, formaria uma nova banda, refaria o antigo grupo sob novo nome ou guardaria as faixas para ele mesmo.

Em 2015, o LCD Soundsystem lançou a primeira música em cinco anos; ouça.

Murphy levou as questões dele aos companheiros de LCD Soundsystem Pat Mahoney e Nancy Whang, e o trio decidiu definitivamente ir em frente e fazer um novo álbum da banda, independente da despedida. Murphy admitiu que já espera que alguns vão desmerecer a reunião por ser algo “superado”, e disse também que prevê uma “raiva” vinda dos fãs que fizeram de tudo para ir ao show de “despedida” do grupo, em 2011 (que gerou o documentário Shut Up and Play the Hits).

“Se você se importou com nossa banda, e deu muito de você naquele momento, e se sente traído, eu entendo completamente”, escreveu Murphy. “É seu direito definir o que você ama em uma banda, e é seu direito depreciar as ações e palavras dela se você acha que deve, porque é você, francamente, que fez a maior parte do trabalho para sustentar esse relacionamento, não a banda.”

Entrevista: James Murphy conta como foi produzir o disco Reflektor, do Arcade Fire.

Murphy se desculpou com aqueles que ficaram magoados com a decisão do LCD Soundsystem de se reunir, e afirmou que está se preparando para a finalização do disco e a turnê que está por vir (as datas serão anunciadas em breve). O álbum está em processo de gravação e deve ser lançado este ano.

“Tem que ser melhor que qualquer coisa que fizemos anteriormente, na minha cabeça, porque não vai ter a desculpa de ser a primeira vez”, escreveu o músico. “E temos que tocar melhor do que já tocamos, francamente. Todo show tem de ser melhor do que o melhor show que fizemos anteriormente para ninguém comentar: ‘Bom, isso é legal. Quer dizer, não tão bons quanto costumavam ser. Era bom.’ Sabemos de tudo isso.”

O LCD Soundsystem tocará nos dois fins de semana do Coachella Valley Music and Arts, que acontece na Califórnia entre 15 e 17 e 22 e 24 de abril – veja a escalação completa.