Em comunicado, Radiohead descredita informação de que novo disco sairá em junho

Suposto empresário da banda havia afirmado que aguardado nono álbum seria lançado em cerca de dois meses

Redação Publicado em 15/04/2016, às 12h40 - Atualizado às 12h48

Radiohead - 600x400

Ver Galeria
(2 imagens)

Na última quinta, 14, a internet foi tomada por manchetes anunciando que o nono disco do Radiohead seria lançado no próximo mês de junho. Um dia depois, nesta sexta, 15, a banda preparou um comunicado descreditando as informações como “não oficiais”, ainda que sem negá-las.

Entrevistado no café londrino Wanstead Tap, Brian Message afirmou que o álbum chegaria às lojas em junho. Message foi creditado pela imprensa como empresário do grupo, mas, segundo o comunicado, ele é apenas um dos integrantes da empresa Courtyard Management, que gerencia a banda.

“Brian Message não é empresário do Radiohead – ele é um parceiro na Courtyard Management, mas não tem função prática e, por isso, qualquer aspa do evento de ontem à noite, ou qualquer suposição decorrente delas, não devem ser atribuídas à gerência do Radiohead ou tidas como informações oficiais do grupo.”

Eles ainda encerraram o texto reafirmando os nomes que trabalham de fato como empresários da banda. “O Radiohead é gerenciado por Chris Hufford e Bryce Edge, da Courtyard Management.”

O nono LP de estúdio do Radiohead é esperado para ser lançado ainda este ano. O grupo britânico já anunciou que participará de grandes festivais pelo mundo, como o catalão Primavera Sound, em junho, as versões norte-americana e alemã do Lollapalooza, e outros como o Outside Lands, NOS Alive, Osheaga.

Recentemente, um usuário do Reddit descobriu que o grupo criou uma empresa de publicações, a Dawn Chorus LLP. Thom Yorke usou a mesma estratégia para lançar outros álbuns, como o In Rainbows, lançado pela Xurbia Xendles Ltd.

Eles também estão envolvidos em um trâmite de transferência de direitos do catálogo inicial – dos discos anteriores a Hail to the Thief, de 2003 –, que estão indo para o selo XL Recordings. A operação fez com que o álbuns fossem parcialmente retirados dos maiores serviços de streaming.

Ainda, recentemente, o artista visual que há décadas colabora com o Radiohead, Stanley Donwood, disse que já ouviu o novo disco da banda e que o trabalho é uma “obra de arte”. Donwood pode ser ser o autor de uma imagem inédita, com o nome do grupo escrito em rosa, publicada no Facebook – e alguns fãs estão especulando que ela pode já ser a capa do aguardado “LP9”. Até então, nada foi confirmado – e nem negado – pela banda.

Posted by Radiohead on Monday, 14 March 2016

Mudando o método

Em fevereiro de 2015, Jonny Greenwood afirmou que o Radiohead “certamente mudou o método” para fazer próximo disco. “É muito difícil [de explicar como acontece]”, disse ele em entrevista ao The Sunday Guardian. “Estamos trabalhando com limites. É como se estivéssemos tentando usar coisas velhas e novas tecnologias para ver como fica.”

Greenwood ainda acrescentou que as gravações estariam indo “muito bem”. “Não tínhamos ouvido nada antes, então, estamos todos bem felizes”, comentou o guitarrista. “Agora, suponho que vamos ouvir o que fizemos e ver se estávamos corretos em ficar contentes. Mas deixamos as coisas em um bom estado da última vez que paramos.”

Veja abaixo uma das poucas imagens da banda em estúdio, divulgada pelo produtor Nigel Godrich.