Em nova turnê, U2 homenageia Michael Jackson e faz link com estação espacial

A banda irlandesa gastou quase R$ 200 milhões para maratona de shows, iniciada em Barcelona, para 90 mil pessoas

Da redação Publicado em 01/07/2009, às 14h12

Bono Box em ação, na U2 360º Tour

Ver Galeria
(2 imagens)

A nova turnê do U2 começou com arroubos de grandiosidade - como de praxe, em se tratando da banda irlandesa. A primeira rodada de shows em três anos foi aberta para 90 mil pessoas, em Barcelona, na terça, 30.

Em cima de um palco circular de proporções gigantescas - um dos maiores já construídos -, montado no estádio Nou Camp, Bono Vox, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr. não fugiram do "protocolo oficial", há menos de uma semana da morte de Michael Jackson: tocaram duas músicas do rei do pop, "Man in the Mirror" e "Don't Stop 'Til You Get Enough". Em seguida, a banda dedicou "Angel of Harlem" (do álbum Rattle and Hum, de 1988) ao cantor, segundo a agência de notícias Reuters.

A música escolhida para o pontapé inicial da 360º Tour foi "Breathe", do 12º álbum de estúdio, No Line on the Horizon. O show mesclou novidades (como "Magnificent") e clássicos ("Beautiful Day", "Sunday Bloody Sunday").

De acordo com a revista Billboard, espera-se que a turnê bata recordes de arrecadação - poderia vir a superar, inclusive, a Vertigo Tour, que rendeu ao U2 quase US$ 440 milhões (R$ 770 mi), entre 2005 e 2006. O plano, agora, é passar por 31 cidades da Europa e dos EUA, atingindo cerca de três milhões de fãs. Novas datas deverão ser anunciadas para 2010.

Um recorde a 360º Tour já alcançou: custou à banda mais do que qualquer outra, com despesas em torno de US$ 100 milhões (R$ 192 mi).

Batizada The Claw ("a garra"), a plataforma - com 50 metros de altura e em "formato aranha" - simula uma estação espacial e é inspirada na obra do arquiteto catalão Antoni Gaudi. Para montá-la, são usados nada menos que 120 caminhões. "Parece que foi desenhado por Gaudi. Mas tudo bem, esta é Barcelona, a capital do surrealismo", disse Bono, segundo o jornal britânico The Daily Telegraph.

Apesar dos números inflacionados, a turnê promete ser uma das mais democráticas para o público. Ao menos foi essa a intenção da banda, que se apresentou no estádio para atingir uma audiência maior e baixar o custo dos ingressos. Tudo em nome de um preço mais camarada em tempos de crise global.

"Por toda a Espanha, por todo mundo, as coisas estão difíceis. Obrigado por virem até a gente de novo e de novo", disse Bono.

A apresentação contou, ainda, com uma conexão - supostamente ao vivo - entre o U2 e a Estação Espacial Internacional (que está, atualmente, dando voltas na Terra).

O baixista, Clayton, quis saber se os astronautas tinham visto naves alienígenas durante seus passeios espaciais. Bono perguntou ao comandante da missão se ele conseguia enxergar Barcelona. "Agora, a visão mais bela no cosmo é o azul do planeta Terra", veio a resposta.

Confira o setlist do show:

"Breathe"

"No Line on the Horizon"

"Get On Your Boots"

"Magnificent"

"Beautiful Day"

"I Still Haven't Found What I'm Looking For"

"Angel of Harlem"

"In A Little While"

"Unknown Caller"

"Unforgettable Fire"

"City of Blinding Lights"

"Vertigo"

"I'll Go Crazy If I Don't Go Crazy Tonight"

"Sunday Bloody Sunday"

"Pride (In The Name of Love)"

"MLK"

"Walk On"

"Where The Streets Have No Name"

"One"

(bis)

"Ultraviolet"

"With Or Without You"

"Moment of Surrender"