Pulse

Em Paris para show, baterista do Boogarins relata: “Foi uma aventura chegar aqui”

“Será muito bom que vocês toquem”, disse policial à banda goiana, que se apresenta na capital francesa esta quarta, 18

Redação Publicado em 18/11/2015, às 17h29 - Atualizado às 17h46

(No sentido horário) Dinho Almeida, Raphael Vaz, Benke Ferraz e Ynaiã Benthroldo, atual formação do Boogarins

Ver Galeria
(6 imagens)

Desde o começo deste mês, quando lançou Manual, o segundo álbum da carreira, o quarteto goiano Boogarins está em turnê na Europa. Nesta quarta, 18, eles chegaram a Paris, onde se apresentam no Le Klub, após uma passagem pela Espanha. A banda brasileira manteve o show na cidade francesa, apesar do clima de insegurança após os atentados terroristas da última sexta-feira, 13.

O Boogarins integra nossa lista de dez discos psicodélicos lançados em 2015 que você deve ouvir.

“Foi uma aventura chegar aqui”, escreveu o baterista do grupo, Ynaiã Benthroldo, no Facebook, citando a viagem de 12 horas entre Espanha e França, de van. “Passar pela fronteira foi tranquilo para nós. Nem parados fomos. Havia muitos caminhões parados, coisa de louco. Acho que tem gente lá até agora. Seguimos viagem.”

Depois de dizer que a banda jantou em uma “cidadezinha turística linda” (Biarritz), o baterista acrescentou: “Em um segundo momento fomos parados em uma cidade bem pequena, Limoges. A abordagem foi bem sutil, apesar de estarmos cercados por quatro carros da polícia, todos fortemente armados, lanternas em nossas caras.”

Resenha: Boogarins – Manual (2015).

Benthroldo seguiu ressaltando que “não foi tocado” e nem “ouviu algum grito” por parte dos policiais. “Fiquei um tanto quanto chocado com o policial me chamando de senhor e falando super calmo com todos nós”, adicionou. “Nem saímos da van. Nessas circunstâncias foi algo surreal. Após saberem que éramos músicos e estávamos indo tocar em Paris, uma piadinha: ‘É, não estão gostando muito de músicos lá em Paris, não’.”

We are in Paris and the show must go on! Come see us in Le Klub this Night with Sundown, Paris!

Posted by Boogarins on Wednesday, 18 November 2015

O policial que falou com o Boogarins se referiu recente ao ataque violento na casa de shows parisiense Bataclan, durante apresentação do Eagles of Death Metal. “Mas logo em seguida o policial elogiou a nossa atitude de ir tocar lá”, escreveu o baterista. “Segundo ele, ‘É de alegria que o povo está precisando agora, será muito bom vocês tocarem lá, mas tomem cuidado e saibam que serão parados algumas vezes por estarem em um carro com placa de Bruxelas’.”

Ouça “6000 Dias”, mais recente single do Boogarins.

A van do Boogarins chegou a ser escoltada pela polícia até a região hoteleira de Paris, segundo Benthroldo. “Isso deu outro clima para a van e para todos nós, que estávamos e estamos meio sem saber como lidar”, disse. “O importante é que estamos bem, tranquilos e na vibe! Hoje o show vai ser foda e com um gostinho especial, com certeza.”

Benthroldo, que integra o Boogarins ao lado de Dinho Almeida, Benke Ferraz e Raphael Vaz, concluiu a postagem dizendo estar “louco para voltar para casa”, mas “ao mesmo tempo não quero sair daqui”. O quarteto de rock psicodélico toca nesta quarta, 18, no Le Klub, em Paris, e depois segue para Bruxelas, encerrando a turnê europeia na quinta, 19.