Em vídeo, vocalista do Creed diz estar falido e passando fome

Scott Stapp acusa gravadora de ter roubado o dinheiro dele

Redação Publicado em 26/11/2014, às 18h49 - Atualizado às 20h10

Scott Stapp
Reprodução

Scott Stapp, vocalista do Creed, postou nesta quarta, 26, um vídeo na página oficial da banda no Facebook no qual fala sobre a situação financeira dele. No relato de 15 minutos, ele rejeita os rumores de que tenha tido uma recaída nas drogas – “Estou tão sóbrio quanto possível. Desde que os rumores começaram, estou fazendo exames semanalmente” – e diz ter sido vítima de um golpe.

Veja nossa seleção das mais polêmicas, absurdas e ultrajantes autobiografias do rock.

De acordo com Stapp, ele foi roubado por membros da gravadora e por funcionários responsáveis por cuidar dos direitos autorais dele. Em seguida, a receita federal norte-americana congelou as contas bancárias dele por irregularidades em pegamentos de impostos. Consequentemente, Stapp ficou completamente sem dinheiro, passou dois dias sem comer – foi internado por desnutrição -, e dormiu algumas noites na caminhonete dele.

Conheça dez bichos de estimação que inspiraram o rock e o pop.

"De repente o IRS [receita dos EUA] congelou minhas contas bancárias duas ou três vezes e me deixou sem nenhum centavo. Eu não entendo porque tudo isso está acontecendo ao mesmo tempo", ele diz no vídeo, antes de ameaçar "combater todo mundo que foi responsável por isso."

As 15 prisões mais estúpidas do mundo da música.

Atualmente, o músico está hospedado em um hotel, local em que gravou o vídeo. “Vou combater todo mundo que foi responsável por isso", diz ele. "Não quero me fazer de vítima e não quero que tenham pena. Só digo a verdade sobre o que se passa na minha vida."

Assista ao relato do músico abaixo:

Publicação by Creed.

Influenciado por bandas como Pearl Jam e Alice in Chains, Creed fez muito sucesso nos anos 2000. A bandam que lançou quatro discos de estúdio My Own Prison (1997), Human Clay (1999), Weathered (2001) e Full Circle (2009), emplacou hits como "With Arms Wide Open", "Higher", "My Sacrifice" e "One Last Breath".