Emicida é detido em Belo Horizonte por desacato à autoridade

A detenção, que durou três horas, aconteceu por causa do discurso dele antes de cantar a faixa “Dedo na Ferida”; veja aqui o vídeo com esse momento da apresentação e uma imagem do boletim de ocorrência, que registrou uma fala diferente

Redação Publicado em 14/05/2012, às 09h58 - Atualizado às 10h50

Emicida
Foto: Divulgação

Emicida foi detido em Belo Horizonte no último domingo, 13, por “desacato à autoridade”, logo após terminar seu show na capital mineira. De acordo com o que a equipe do rapper afirmou no blog do site oficial dele e no Twitter, Emicida foi detido por causa do discurso que fez antes de cantar a faixa “Dedo na Ferida”.

Perfil: nas ruas e nos palcos da vida, Leandro Roque de Oliveira é EMICIDA, o rapper do bem a serviço das causas heróicas.

O rapper começou a apresentação com essa faixa e disse o seguinte, antes de cantá-la: “Antes de mais nada, somos todos Eliana Silva, certo? Levanta o seu dedo do meio para a polícia que desocupa as famílias mais humildes, levanta o seu dedo do meio para os políticos que não respeitam a população e vem com ‘noiz’ nessa aqui, ó. Mandando todos eles se foder, certo, BH? A rua é noiz.” O trecho está registrado em vídeo, veja abaixo.

A polícia militar estava presente, prestando serviços, e considerou o comentário desacato. Quando o show terminou, ele recebeu voz de prisão e foi levado ao 39º DP. Ficou lá das 19h30 às 22h30.

De acordo com o post no blog, o boletim de ocorrência registrou que ele fez um discurso diferente do descrito acima, de forma que ele não assinou o documento. No boletim está escrito: "Eu apoio a invasão do terreno Eliana Silva, região do Barreiro, tem que invadir mesmo, levantem o dedo do meio para cima, direcione aos policiais, pois todos esses tem que se fuder". Veja na galeria ao lado uma imagem do documento, publicada no post. Clique aqui para ver a imagem ampliada.