Emile Hirsch tem se tratado em clínica de reabilitação desde denúncia de agressão, diz advogado

Ator de Na Natureza Selvagem teria tentado sufocar uma mulher em janeiro deste ano, nos Estados Unidos

Redação Publicado em 16/02/2015, às 13h32 - Atualizado às 14h11

Ator no dia da suposta agressão a executiva, em Utah
Alexandra Wyman/AP

O ator norte-americano Emile Hirsch (Na Natureza Selvagem) tem se tratado em uma clínica de reabilitação depois de ter sido acusado de agredir uma executiva de cinema durante o Festival de Sundance, em 25 de janeiro deste ano, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo advogado do artista, Robert Offer, por meio de um comunicado.

Emile Hirsch é detido após acusação de agressão.

Hirsch teria ingerido grande quantidade de bebidas alcoólicas antes de, supostamente, ter tentado enforcar Daniele Bernfeld, vice-presidente de entretenimento digital da Paramount Pictures, dentro de uma boate em Park City, no estado de Utah.

Bernfeld disse à polícia que o ator a arrastou por cima de uma mesa e deu uma chave de braço nela, posteriormente tentando, ainda, estrangulá-la.

Cinquenta Tons de Cinza quebra recorde de Matrix nas bilheterias.

“Emile está levando essas acusações muito a sério e está devastado que algo assim tenha acontecido”, afirmou Offer, cujo cliente não teria qualquer lembrança do ocorrido.

Filme de polêmico diretor iraniano fica com o Urso de Ouro no Festival de Berlim.

Hirsch deve comparecer ao tribunal no próximo 16 de março e pode ser condenado a cinco anos de prisão e pagar multa de US$ 5 mil. Ele também é acusado de infringir as leis de intoxicação locais.