Emily VanCamp, a Sharon Carter do MCU, relembra beijo 'polêmico' com Capitão América: 'Você tem que rir'

A atriz também falou como foi retomar o papel para Falcão e o Soldado Invernal

Redação Publicado em 06/04/2021, às 12h27

None
Chris Evans e Emily VanCamp em Vingadores: Guerra Civil (Foto: Reprodução /Youtube)

Emily VanCamp, intérprete de Sharon Carter no MCU, relembrou o "polêmico" beijo entre a agente e o Capitão América em Capitão América: Guerra Civil , o qual atraiu críticas dos fãs. Em entrevista à Variety, a atriz falou que é preciso rir da cena e entender que nem todos os arcos se desenvolvem na franquia. (Via IndieWire)

"Olhe, você tem que rir. Algumas dessas histórias funcionam e outras não. Mas, você sabe, eu achei um filme incrível. É apenas uma daquelas coisas," disse VanCamp. "Acho que todos nós ficamos [surpresos com as críticas]. Quer dizer, certamente fizemos o nosso melhor.”

+++ LEIA MAIS: O Capitão está de volta: Wyatt Russell revela o que Steve Rogers e John Walker têm em comum [ENTREVISTA]

A atriz também falou que a melhor parte da cena é a interação entre Sam Wilson e Bucky Barnes, a qual é aprofundada na recém-lançada série Falcão e o Soldado Invernal, do Disney+

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

“E eu acho que uma das melhores coisas que saiu dessa cena, para ser honesta, é essa dinâmica incrível entre Sam e Bucky. Você realmente tem esse vislumbre da dinâmica de amigos do Falcão e o Soldado Invernal. Você quer ver mais disso e nós podemos ver, o que é fantástico.”

+++LEIA MAIS: Vilões em Falcão e o Soldado Invernal, Apátridas querem união, diz Erin Kellyman

Sharon Carter é uma das personagens do MCU que retorna no novo seriado. A agente, que não aparecia no MCU desde Guerra Civil , mostrou um novo lado da personalidade dela, desta vez, em uma narrativa sem interesses amorosos.

"Com Sharon, estavam sempre tentando encaixá-la e esses filmes são muito grandes, [então] é completamente compreensível. Ver quem ela se tornou ao longo deste longo período de tempo, e independente do Capitão América como o conhecemos, é realmente interessante para mim.” 

Os três primeiros episódios de Falcão e o Soldado Invernal estão disponíveis no Disney+.


+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA

+++ MAIS SOBRE FALCÃO E O SOLDADO INVERNAL: Os principais Easter eggs do episódio 3 [LISTA]

[Atenção: esta publicação contém spoilers do terceiro episódio de Falcão e o Soldado Invernal]

O terceiro episódio de Falcão e o Soldado Invernal contou de diversas referências aos filmes do Universo Cinematográfico Marvel, como Capitão América: Guerra Civil e Vingadores: Era de Ultron, aos vilões Caveira Vermelha e Tigre Sorridente, e até mesmo uma possível referência ao MonsterVerse.

Pensando nisso, o site Screen Rant listou todas as referências do episódio e a Rolling Stone Brasil separou os principais Easter eggs da lista. Confira:

+++ LEIA MAIS: O Capitão está de volta: Wyatt Russell revela o que Steve Rogers e John Walker têm em comum [ENTREVISTA]

A morte do rei T'Chaka

Quando Bucky Barnes e Sam Wilson visitam o Barão Helmut Zemo na prisão, o rei T'Chaka logo é logo mencionado, afinal, Zemo foi responsável pela morte do antigo rei de Wakanda. Mais tarde, descobrimos que a morte da realeza se mantém fresca na mente de Ayo, uma das guerreiras das Dora Milaje, que segue e vigia o vilão.


O caderno de Steve Rogers 

Na série, Bucky usa um caderno para fazer uma lista com os nomes das pessoas afetadas pelas ações do Soldado Invernal. No último episódio, descobrimos que o caderno é o mesmo que Steve Rogers usava para anotar dicas e fatos importantes do que aconteceu durante o período em que ficou congelado.

+++LEIA MAIS: Vilões em Falcão e o Soldado Invernal, Apátridas querem união, diz Erin Kellyman


A máscara de Zemo 

Finalmente Zemo aparece com a clássica máscara roxa das HQs. Em uma breve cena, o personagem recolhe o acessório dentro de um carro após fugir da prisão e usa durante uma luta em Madripoor.


Madripoor 

Aliás, Madripoor é uma ilha importante nas HQs de X-Men. Aparentemente controlada pelo Mercador do Poder, o local conta com o Bar da Princesa, que é frequentado por Wolverine nos quadrinhos.

+++ LEIA MAIS: Roteirista explica que Falcão e o Soldado Invernal é o oposto de WandaVision; entenda

Além disso, enquanto Sam e Bucky estão na ilha, podemos ver o logo de um macaco, que pode ser uma referência ao vilão Hit-Monkey, ou apenas um símbolo para identificar a gangue que frequenta o estabelecimento.


Cientistas do soro do super-soldado 

Abraham Erskine, cientista responsável por criar o Caveira Vermelha e transformar Steve Roger no Capitão América, é citado diversas vezes no episódio. Além dele, conhecemos o Dr. Wilfred Nagel, que conseguiu reproduzir o soro do super-soldado.

+++LEIA MAIS: Roteirista de Falcão e o Soldado Invernal fala que Vingadores: Ultimato criou problemas para os heróis da Marvel; entenda


Sharon Carter 

O terceiro episódio também conta com a aguardada aparição de Sharon Carter. A agente revela que ainda está foragida e passou a trabalhar no contrabando de obras de arte em Madripoor.


Piada de Capitão América: Guerra Civil

Em um dos momentos do terceiro episódio, Falcão senta no banco de trás de um carro, enquanto Bucky está no assento da frente. Então, Sam confirma: "Você não vai mover o banco, não é?". 

+++LEIA MAIS: London Eye se transforma em escudo do Capitão América para comemorar estreia de Falcão e o Soldado Invernal; veja

A pergunta é uma referência a Capitão América: Guerra Civil, quando Rogers encontra Carter para pegar equipamentos. Sam está no banco da frente e se recusa a mover o assento para deixar Bucky mais confortável.