Eminem processa partido político da Nova Zelândia por uso indevido de música dele

O rapper não gostou de ouvir "Lose Yourself" na campanha de reeleição do Primeiro Ministro John Key

Rolling Stone EUA Publicado em 16/09/2014, às 13h46 - Atualizado às 15h07

"Não faço isso por causa de atenção. A única coisa que eu sempre quis, de verdade, é ser respeitado por outros MCs"
Mark Seliger

Eminem não tem o costume de se envolver na política da Nova Zelândia, mas o rapper e a empresa que cuida das músicas dele estão processando o National Party, partido político da Nova Zelândia, por infringir direitos autorais. O atual Primeiro Ministro, John Key, usou "Lose Yourself" em uma propaganda da campanha de reeleição sem a autorização do músico, de acordo com o jornal The Guardian.

Entrevista: O renascimento de Marshall Mathers.

“É frustrante e muito irônico que o partido político que liderou a defesa dos direitos de publicadoras musicais na Nova Zelândia, mudando a legislação, tenha tido tão pouco cuidado com os direitos autorais”, disse a empresa em um comunicado.

5 músicas do Eminem que só os maiores fãs conhecem.

O partido já deixou de usar a faixa no comercial, que foi editado, mas o rapper seguiu com o processo, que busca compensação pelo tempo que a música foi usada sem autorização.

Presente em todos os cantos da cidade norte-americana, o fotógrafo Estevan Oriol registra de anônimos a astros de Hollywood, incluindo Eminem.