Empresário brasileiro diz que Rihanna vem mesmo ao país

Diretor da Unique afirma à Rolling Stone Brasil que contrato com a cantora está assinado, e que shows acontecerão na última semana de novembro; agente norte-americano havia desmentido informação

Por Bruna Veloso Publicado em 21/08/2010, às 00h23

Vem mesmo: empresário diz que contrato para shows da Rihanna no Brasil está fechado
AP

Confusão na divulgação da vinda da Rihanna ao Brasil. Depois de uma confirmação no país e de uma negativa vinda de um agente norte-americano, novas declarações: em entrevista à Rolling Stone Brasil, Bruno Balsimelli, diretor da empresa Unique, afirma que o contrato para os três shows da cantora no país está fechado.

"Está tudo assinado, na mão. Nós fechamos isso em julho", declara Bruno. Ele revela que a negociação foi feita diretamente com Marc Jordan, empresário da cantora e dono da empresa Rebel One. Tony Goldring, agente de shows, não estaria a par do contrato - e, segundo Bruno, por conta disso negou que os shows estivessem confirmados (em contato com A Rolling Stone Brasil, por e-mail, Tony afirmou que a cantora não viria ao país).

Mas o empresário confirma veementemente três datas na última semana de novembro. E, de quebra, ainda diz que há mais três "megashows, bombásticos," fechados para os meses de dezembro (2010), janeiro e fevereiro de 2011.

A Unique é uma empresa de entretenimento pertencente ao grupo BWA, que agora começa a investir na produção de shows internacionais (Rihanna é a primeira da lista). "O mercado mundial acordou e viu no Brasil um grande celeiro, com um grande público jovem apaixonado pela música", acredita o empresário.