Empresário critica Grammy por não indicar Justin Bieber em nenhuma categoria

“Desta vez ele merecia”, disse Scooter Braun no Twitter

Rolling Stone EUA Publicado em 06/12/2012, às 13h58 - Atualizado às 14h32

Justin Bieber
AP

Scooter Braun, o empresário de Justin Bieber, não gostou muito de ver seu pupilo fora das indicações do Grammy e foi ao Twitter reclamar logo após a cerimônia oficial de anúncio das categorias.

Galeria: os 25 momentos mais explosivos de ídolos adolescentes.

“Eu discordo plenamente. O garoto merece isso. O Grammy falhou desta vez”, tuitou Braun, depois de primeiro felicitar uma outra cliente, Carly Rae Jepsen, por ser nomeada a Canção do Ano, Álbum Pop Solo e Performance por “Call Me Maybe”.

Em novembro, Bieber venceu três vezes, incluindo Artista do Ano, no American Music Awards. Seu último disco, Believe, foi lançado em julho, muito antes do dia 30 de setembro que é a data limite para as nomeações do Grammy. O álbum estreou em primeiro lugar na lista dos mais procurados e já teve mais de um milhão de cópias vendidas, conquistas que Braun afirma não terem sido devidamente consideradas.

“A coisa mais difícil é fazer essa transição, manter o trem em movimento. O garoto conseguiu. Um grande sucesso de vendas, uma turnê lotada e conquistou mais gente”, escreveu. “Desta vez ele merecia ser reconhecido e não tenho realmente nenhum tipo de comentário positivo sobre essa decisão, com a qual não concordo.”