Entre ameaças de violência, Lady Gaga cancela show na Indonésia

“Não se trata da segurança da Lady Gaga, apenas, mas de todos aqueles que estiverem assistindo à apresentação”, diz advogado da produção do evento

Rolling Stone EUA Publicado em 28/05/2012, às 13h09 - Atualizado às 20h30

Lady Gaga
AP

Lady Gaga cancelou seu show em Jacarta, na Indonésia, após ameaças de violência vindas de islamitas radicais, segundo informou a Associated Press.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

A apresentação, que estava marcada para o dia 3 de junho no estádio Gelora Bung Karno, teve seus 52 mil ingressos esgotados, embora já dure há algum tempo a indecisão sobre a realização ou não do evento.

Agora, um grupo com nome de Frente dos Defensores dos Islamistas, que descrevem a cantora como uma “mensageira do demônio”, declarou que seus integrantes compraram entradas e planejavam parar o show em andamento. Afirmaram, ainda, que milhares de manifestantes iriam confrontar Lady Gaga no aeroporto, assim que ela entrasse no país.

Oficiais disseram que só iriam permitir a realização do evento se a cantora desistisse de alguns elementos polêmicos da turnê Born This Way Ball. Lady Gaga e seus produtores se recusaram a fazer mudanças na apresentação.

“Com as ameaças que foram feitas, Lady Gaga decidiu cancelar a performance”, disse Minola Sebayang, advogado do produtor do evento, Big Daddy, à Associated Press. “Não se trata da segurança da Lady Gaga, apenas, mas de todos aqueles que estiverem assistindo à apresentação.”

Há alguns dias, foi divulgada a notícia de que a permissão para a realização do show em Jacarta já havia sido negada pelas autoridades locais.