Episódio favorito de The Office foi odiado quando foi ao ar pela primeira vez

Fãs da série acharam o capítulo muito desconfortável

Redação Publicado em 12/06/2020, às 10h59

None
Cena do episódio "Dinner Party", de The Office (Foto: Reprodução/NBC)

The Office, uma das melhores séries de comédia de todos os tempos, trouxe diversos momentos sensacionais, e alguns moram no coração dos fãs. No entanto, o episódio "Dinner Party", 13° da quarta temporada e um dos mais amados pelo público, foi bastante odiado e criticado quando estreou, no dia 10 de abril de 2008.

"Dinner Party", mostra a realização de um grande sonho de Michael Scott: conseguir fazer com que o casal Pam e Jim aceitasse um convite para jantar na casa dele. Em vários dias, o patrão chamava os funcionários, que sempre inventavam uma descupa para recusar. No entanto, Michael arranja um jeito de arrumar uma brecha. Outro casal, Andy e Angela, também foram chamados.

+++LEIA MAIS: Melhores piadas de Chandler em Friends; esse vídeo poderia ser mais divertido?

Como era de se esperar, o convite de Michael para os dois casais deixa Dwight com ciúmes, que consegue entrar de penetra no jantar com uma companheira, a antiga babá dele e por vezes amante.

Repleto de momentos extremamente engraçados e constrangedores, o episódio é um dos mais amados pelos fãs de The Office, mas na época o público não aceitou bem a ideia. Paul Feig, diretor de "Dinner Party", relembrou a aceitação da época (via Entertainment Weekly).

+++LEIA MAIS: Como Elton John ajudou a salvar a carreira de Robert Downey Jr. antes de Homem de Ferro

Feig falou que, pelo episódio ser desconfortável demais, a audiência acabou por rejeitar o capítulo. "Quando este episódio foi ao ar, ele foi odiado universalmente. Apenas essa crítica surgiu. Nós fizemos as pessoas sentirem-se tão constrangidas que elas simplesmente não aguentavam", revelou. Porém, com o passar dos anos, os fãs da série passaram a amar "Dinner Party".

O diretor tentou explicar o motivo do episódio passar a ser amado durante os anos: "O que aconteceu agora é que, depois de ver uma vez e saber o que está por vir, você pode realmente aproveitá-lo".

+++LEIA MAIS: Vingadores: Ultimato ganha versão incrível de animação dos anos 1960; assista

As gravações foram bastante complicadas para os atores, que não conseguiam gravar as cenas sem cair no riso. Em entrevista à Rolling Stone EUA, Ed Helms, intérprete de Andy Bernard, revelou que precisou usar uma tática inusitada para não rir.

"Eu tive meu pequeno truque: se eu estivesse realmente rindo, começaria a olhar para o ouvido de Steve", afirmou o ator. Helms explicou o motivo: "Eu não conseguia fazer contato visual com ele porque ria, então olhava para o queixo ou a orelha dele ou até mesmo algo atrás dele e apenas focava nisso, apenas para que eu pudesse passar por algo e manter a cara séria".

+++LEIA MAIS: Site aponta 10 detalhes importantes para lembrar antes de ver 3º temporada de Dark

O ator ainda disse que "provavelmente, havia muitas cenas em que eu sou firme como uma prancha nem mesmo atuando, por assim dizer, mas apenas tentando não rir".

Veja um trecho de "Dinner Party" abaixo.


+++ DELACRUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO