Era Uma Vez Em Hollywood bate recorde pessoal de Quentin Tarantino nas bilheterias

O nono filme do cineasta superou a estreia de Bastardos Inglórios

Redação Publicado em 29/07/2019, às 08h44

None
Leonardo DiCaprio e Brad Pitt em Era Uma Vez Em... Hollywood (Foto:Reprodução)

Era Uma Vez Em... Hollywood, nono filme de Quentin Tarantino que estreou nos Estados Unidos na última sexta, 26, bateu o recorde pessoal de bilheteria do diretor norte-americano.

O longa estrelado por Brad Pitt, Leonardo DiCaprio e Margot Robbie superou Bastardos Inglórios, de 2009, que liderava a categoria de melhor fim de semana de estreia de uma produção do cineasta.

+++Leia mais: Quentin Tarantino revela a possibilidade de um terceiro filme de Kill Bill

A trama sobre um ator de cinema ultrapassado (DiCaprio) e seu dublê (Pitt) arrecadou US$ 40 milhões com sua estreia nos EUA, e isso significa que a história do caçador de nazistas também conhecido por Gorlami (Pitt), foi para o segundo lugar da lista com os US$ 38 milhões que rendeu no primeiro fim de semana doméstico há dez anos.

É possível dizer que previsão feita por executivos da Sony, produtora do filme, subestimou um pouco a força com que o longa chegaria às telonas. De acordo com a previsão que haviam feito, Era Uma Vez Em... Hollywoodestreria com uma bilheteria de US$ 30 milhões.

+++Leia mais: Quentin Tarantino pode dirigir filme de Star Trek: "Seria um Pulp Fiction no espaço"

Com uma soma dos ingressos vendidos durante o tempo em que cada um ficou em exibição, Django Livre (2012) é o longa de Tarantino que mais lucrou ao redor do mundo: US$ 425 milhões, apesar de uma estreia de US$ 8 milhões a menos que Bastardos Inglórios.

Era Uma Vez Em... Hollywood foi uma das produções mais caras do diretor: custou um total de US$ 90 milhões.

+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"