Espólio de Michael Jackson é processado por não liberar material para filme

Acordo supostamente realizado pelo artista autorizava a produção de Messages to Michael

Rolling Stone EUA Publicado em 04/12/2015, às 13h55 - Atualizado às 15h43

Michael Jackson - galeria - abre

O espólio de Michael Jackson está sendo processado por Sharad Chandra Patel, produtor do filme Messages to Michael, um tributo ao astro e seus fãs dedicados. A informação é do site da revista The Hollywood Reporter.

Michael Jackson: veja fotos íntimas do Rei do Pop na adolescência.

No processo, registrado nessa quinta-feira, 5, na Suprema Corte de Los Angeles, Sharad alega que seu filho, Raju Patel (que era amigo do Rei do Pop e também já morreu), era dono de uma produtora, ao lado de Michael, chamada Neverland Entertainment.

Novo documentário de Michael Jackson gera processo entre produtora e herdeiros.

Messages to Michael era um filme que Michael queria produzir em agradecimento aos fãs que ficaram ao lado dele depois que ele foi acusado de molestar crianças, em 2003 – ele acabou sendo inocentado dois anos depois. Um documento de 2005, assinado três meses antes de Raju morrer de câncer, relata que ele e Michael fariam o longa-metragem e que Raju poderia nomear alguém para realizar o filme com o artista. Sharad acabou sendo incumbido da tarefa.

Michael Jackson fala sobre perfeccionismo em entrevista animada pela PBS.

Ela afirma, no entanto, que tem solicitado acesso a músicas e material do autor de Thriller para cumprir a missão, mas que os responsáveis pelo espólio, John Branca e John McClain, não têm permitido. Os representantes do espólio, em vez disso, produziram o documentário de This Is It (2009).