Espólio de Michael Jackson teve que pagar US$ 55 mil para mulher que atuou no clipe de “Thriller”

Ola Ray chegou a um acordo com o espólio, que ela estava processando por quebra de contrato

Redação Publicado em 04/01/2013, às 12h34 - Atualizado às 12h37

None
Michael Jackson / Greg Allen / Retna / LTD Mediapunch)

O espólio de Michael Jackson chegou a um acordo com Ola Ray, uma mulher que atuou no clipe de “Thriller” e entrou na justiça alegando quebra de contrato. Os herdeiros terão que pagar US$ 55 mil a ela e US$ 20 mil ao advogado dela, segundo o site TMZ.

Ola tinha processado o próprio Michael um mês antes da morte dele, em junho de 2009. Ela afirmou que o cantor ainda devia uma parcela grande dos lucros de “Thriller” quase 30 anos depois do lançamento. John Landis, que dirigiu o clipe, entrou com uma ação igual, pedindo US$ 2 milhões, e também chegou a um acordo.